Caixa liberou até agora R$ 37 bilhões em contas inativas do FGTS

Airton Bulhões,

CAIXA-IN-TPO1A Caixa Econômica Federal pagou, até o dia 21 de junho, cerca de R$ 37 bilhões para trabalhadores nascidos entre janeiro e novembro.

O número de trabalhadores que já sacaram os recursos das contas do Fundo referente à MP 763/2016 superou 22,1 milhões e representa 79,7% das 27,7 milhões de pessoas nascidas no período de janeiro a novembro.

O valor pago representa 84,8% do total de recursos (R$ 43,6 bilhões) disponíveis pela MP 763/216. O número de trabalhadores que sacaram, até o momento, equivale a 72 % do total de 30,2 milhões beneficiados pelo saque das contas inativas do FGTS.

No Rio Grande do Norte segundo o último levantamento mais de 76 mil trabalhadores já sacaram os recursos disponíveis nas contas inativas nas duas primeiras fases. O valor liberado para a economia chegou a R$ 79,3 milhões.



Macrodrenagem da Arena das Dunas será retomada acabando com alagamento em sete bairros de Natal

Airton Bulhões,

unnamed (2)A boa notícia dada para este final de semana foi a do prefeito Carlos Eduardo quando anunciou que finalmente teremos em agosto a retomada das obras do túnel de macrodrenagem da Arena das Dunas. O Túnel da Arena das Dunas interliga o sistema de drenagem das águas pluviais entre as zonas Sul e Oeste da capital.

A obra que atualmente está com 80% do seu cronograma executado parou em virtude de problemas técnicos observados ao longo da realização dos trabalhos.

Esta obra é um legado da Copa inacabada que deixava os moradores de sete bairros tendo que se preocupar durante o período de chuva de ter suas casas invadidas pelo acúmulo de água.

Com a sua conclusão se eliminam as enchentes dos  bairros de Lagoa Nova, Nova Descoberta, Dix-Sept Rosado, Candelária, Bom Pastor, Cidade da Esperança e Nazaré. Além de urbanizar as lagoas do Centro Administrativo, Lagoa de São Conrado, lagoas da Cidade da Esperança, Lagoa dos Potiguares, Lagoa do Preá e reservatório de primeiras chuvas. Esta obra visa a resolver 23 pontos críticos de alagamentos em diversas ruas das zonas Sul e Oeste.

Investimento orçado em R$ 194 milhões que está sendo viabilizada por meio de um convênio com a Caixa Econômica Federal, através do programa do governo federal PAC 2.  O Túnel da Arena das Dunas interliga o sistema de drenagem das águas pluviais entre as zonas Sul e Oeste da capital.



Fórum Nacional Eólico reúne em Natal governo e empreendedores da indústria eólica

Airton Bulhões,

  Natal vai sediar  dias 27 e 28 de junho o 9º Fórum Nacional Eólico - "Carta dos Ventos 2017. O evento será realizado no período das 9h às 14h no auditório da Escola de Governo do Rio Grande do Norte e é tido como maior encontro político-econômico entre governo e empreendedores da indústria eólica.

   Em sua última edição  em 2016 reuniu mais de 820 participantes em dois dias de intensos debates, troca de conhecimento e relacionamento.

  Mais de dois terços das operações do setor eólico nacional estão concentrados na região Nordeste. Os estados do Rio Grande do Norte, Bahia, Ceará, Piauí e Pernambuco lideram o ranking de empreendimentos instalados e continuam atraindo novos investimentos graças aos ventos constantes e ações governamentais para expansão do setor.

  Desde 2009 o Fórum Nacional Eólico reúne as principais lideranças políticas e empresariais relacionadas com a chamada “indústria dos ventos” para discutir os aspectos regulatórios, operacionais e da política setorial de um dos principais segmentos econômicos do Brasil na atualidade.

  A programação terá seções executivas, com reuniões fechadas pelas manhãs com a presença de autoridades políticas, empresários e investidores que debaterão questões específicas relacionadas à indústria eólica.

  Durante a tarde, o evento abre suas portas com palestras de interesse geral, para divulgar as novidades do setor, voltados aos empreendedores, gestores públicos, acadêmicos e todos os demais interessados em energia eólica.

  O Fórum Nacional Eólico contará com a presença dos governadores do Rio Grande do Norte, Robinson Faria e de Pernambuco, Paulo Câmara; o diiretor-presidente da Eletrobrás CHESF, Sinval Zaidan Gama; diretor-presidente do CERNE, Jean-Paul Prates, representantes das secretarias de desenvolvimento de Alagoas, Sergipe, Bahia e Ceará, empresários e  parlamentares.

Foto: Marco Polo Vera

Tribunal de Contas do Estado faz doação de bens móveis de seu acervo patrimonial

Airton Bulhões,

unnamed (1)O Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) publicou nesta terça-feira  edital tornando público que procederá a doação de bens móveis do seu acervo patrimonial para órgãos federais, estaduais, municipais, empresas públicas, sociedade de economia mista; instituições filantrópicas reconhecidas de utilidade pública pelos governos federal, estadual e municipal; entidades de atividades essencialmente sócio filantrópicas não governamentais; bem como das organizações da sociedade civil de interesse público.

  Os referidos bens encontram-se ociosos, inservíveis e em condições antieconômicas para os objetivos do TCE/RN. A doação se dará nas condições que se encontram, mediante Termo de Doação Pública.

  Havendo mais de um interessado em um mesmo lote, serão observados critérios de desempate descritos no Edital. Não havendo inscrição ou habilitação pelos interessados elencados, por razões de interesse social, os bens poderão ser destinados a associações e/ou cooperativas de materiais recicláveis.

SAIBA MAIS

  O prazo para manifestação dos interessados é de até 15 dias corridos, a partir da publicação do Edital 01/2017, disponibilizado pelo Diário Eletrônico do TCE através do link: https://goo.gl/RFuV8c.

  Todas as normas a serem observadas pelos interessados em obter as doações  estão disponibilizadas assim como a descrição de todos os bens disponíveis, distribuídos em lotes, e o formulário de solicitação.

  As solicitações deverão ser protocolizadas na Diretoria de Expediente, no andar térreo do prédio sede deste Tribunal, situada na Av. Presidente Getúlio Vargas, nº 690, Petrópolis, CEP nº 59012-360, Natal/RN.



Criação de Parques Tecnológicos em Natal será votada nesta terça pela Câmara Municipal

Airton Bulhões,

     Confirmada para esta terça-feira na sessão da tarde a votação final pela Câmara Municipal do projeto de lei  que autoriza a criação de parques tecnológicos em Natal. Na votação em primeiro turno os vereadores aprovaram a proposta.

  Idealizada pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e proposta pelo Executivo municipal, a iniciativa prevê as empresas que quiserem se instalar no Parque terão uma redução de 5% para 2% no Imposto Sobre Serviço (ISS); 30% no Imposto de Transmissão Inter Vivos de Bens Imóveis (ITVI), além de redução no IPTU e isenção total na licença de localização.

   Protocolado em 26 de maio, até chegar ao plenário o projeto passou por audiências públicas, visitas técnicas ao Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN), análise de quatro comissões da Câmara e recebeu contribuições dos vereadores.



Tecnologia beneficia comunicação com auxílio de aplicativos

Airton Bulhões,

 A operadora Tim  está anunciando o apoio nacional ao projeto “Giulia- Mãos que Falam”, sistema baseado em inteligência artificial idealizado pelo professor da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Manuel Cardoso, CEO da startup Map Innovation, para facilitar a comunicação entre surdos e pessoas que não sabem a Linguagem Brasileira de Sinais (LIBRAS).

Além do usuário surdo, a iniciativa também beneficiará as empresas, pois ajudará as áreas de recursos humanos na contratação e comunicação diária com pessoas com deficiências. Os clientes corporativos da TIM terão a tecnologia a seu favor, colaborando para um ambiente de trabalho mais inclusivo, condizente com a legislação, e com mais oportunidades de desenvolvimento para os profissionais com deficiência auditiva. Com o uso da tecnologia, a comunicação entre as companhias e colaboradores, surdos e ouvintes, será melhor e mais desenvolvida.

  O “Giulia – Mãos que falam” é um aplicativo baseado em inteligência artificial, que utiliza a tecnologia embarcada nos smartphones para traduzir em som o significado dos movimentos de quem está utilizando o aparelho. Por meio dele, os sinais de Libras são captados e transmitidos pela tela do celular em formato de voz e sinais realizados por um avatar, facilitando a comunicação dos surdos com as demais pessoas. A ferramenta conta ainda com diversas outras funções, como despertador, babá eletrônica, conferência, emergência, entre outras.

  A ação faz parte de uma série de esforços da TIM no sentido da inclusão via tecnologia para a promoção da acessibilidade, como o aplicativoEmoti Sounds, que disponibiliza sons para descrever as emoções passadas nos emoticons mais utilizados nas conversas de mensagem instantânea. Além disso, a companhia está contratando profissionais com deficiência em todo o Brasil. São iniciativas que integram os funcionários em uma socialização que abre caminhos não só às pessoas com deficiências, mas a todos.

SAIBA MAIS

  O Brasil possui atualmente 9,7 milhões de pessoas com deficiência auditiva, de acordo com o último censo do IBGE (2010). Destes, mais de 2 milhões apresentam perda de audição em um grau severo, situação que dificulta a acessibilidade de uma grande parcela desta população



Revisão do Plano Diretor é oportunidade de tirar atrasos e gargalos que impedem a cidade de crescer

Airton Bulhões,

    A revisão do Plano Diretor de Natal é a oportunidade que vários segmentos da sociedade civil organizada reparem algumas mazelas que o atual plano disciplina a partir de sugestões que possam ser oferecidas nas audiências públicas programadas pela Prefeitura do Natal, através  da secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb).

  A principal delas será mudar o gabarito de construções na no trecho da Praia do Meio até a praia do Forte. Hoje, a área mais degradada de Natal. Nenhum empresário quer investir naquele trecho de praia, porque o atual Plano Diretor não permite construções acima de quatro andares. As normas do atual PD vetam essa iniciativa e isso tem muito da cumplicidade de ambientalistas e afins. O pretexto é que a construção de prédios vai tirar a ventilação do resto da cidade. Pensem  retrocesso.

  A construção de uma marina pública na praia próximo ao Forte dos Reis Magos faz seis anos que se fala nisso e por conta da análise da ZPA7 nada se faz. Continuamos dando as costas para o rio Potengi.

  Outra falha que precisa ser corrigida: a Zona Norte não pode ter seus edifícios de apartamentos. Por ali o gabarito também é restrito. Como se naquela área da capital que abriga cerca de 300 mil habitantes, vai morrer na horizontalidade.

  Estes são alguns exemplos que se pode dar no momento. Em boa hora a Prefeitura inicia a revisão do Plano Diretor e é preciso que seja para melhor.

  Natal precisa se modernizar.  A praia de Areia Preta ganhou prédios modernos e nem por isso a ventilação da cidade foi capturada e Mãe Luiza deixou de existir. Aliás porque não se constrói prédio em Mãe Luiza ?

  A Semurb está convidando a população para participar da primeira audiência que será nesta terça-feira, às 9h, no auditório do Parque da Cidade para o início das discussões sobre a nova política de ordenamento urbano do município.

  É bom que os empresários da construção civil participem ativamente para depois não ficarem chorando e culpando a Prefeitura. A oportunidade para melhorar o PDN e impulsionar a cidade é agora. Ninguém está defendendo construção de espigões a torto e a direita. O que se quer é olhar Natal como cidade moderna, preservando suas características.



Comitiva organizada pela Fecomercio RN conhece projetos turísticos na Alemanha

Airton Bulhões,

  Grupo de empresários representantes de entidades ligadas ao turismo do RN, além secretários de municípios turísticos potiguares segue neste domingo e permanece  até o próximo dia 24 na Alemanha onde visitará o estado alemão da Renânia-Palatinado.

  A comitiva for organizada pela Federação do Comércio do RN tendo a frente seu presidente Marcelo Queiroz. O objetivo principal é conhecer de forma mais direta algumas experiências de divulgação de destinos, roteiros temáticos (sobretudo o rural, histórico e de aventura) e parcerias entre setores públicos e instituições privadas.

  Segundo Marcelo Queiroz outras missões já foram realizadas na Renânia este com foco especificamente no turismo. A Fecomércio já recebeu também em Natal, equipe técnica da Alemanha. “Em 2014 firmamos alguns entendimentos voltados para intercâmbio de formação de mão de obra e de know how turístico. Na prática, esta missão de agora é um desdobramento daquela de três anos atrás. De lá para cá, estreitamos muito os laços  e as trocas de experiência, sobretudo na questão de formação de mão de obra para o setor”, explica Marcelo Queiroz.

   Serão feitas visitas a duas escolas de formação de mão de obra e conhecer pelo menos três atrações turísticas temáticas de cidades da região da Renânia. Também irá participar de workshops técnicos que vão detalhar toda a estratégia desenvolvida para cada uma delas, do ponto de vista de gestão, definição de atividades e marketing.

  Participam  também o secretário-adjunto de Turismo do RN, Manoel Gaspar Neto; a secretária de Turismo de Natal, Christiane Alecrim; o coordenador da Câmara Empresarial do Turismo da Fecomércio RN, George Gosson;  a subsecretária de Turismo e coordenador dos polos turísticos do RN, Solange Portela; a secretária de Turismo de São Miguel do Gostoso, Janielle Linhares; a secretária de Turismo de Tibau do Sul, Elizabeth Bauchwitz; o secretário de Turismo de Serra de São Bento, Clovis Magdiel Figueiredo; o presidente da Abav RN, Abdon Gosson; o presidente da ABIH RN, José Odécio Rodrigues; o vice-presidente do Natal Convention Bureau, George Costa; a presidente da Emprotur RN, Ana Maria Costa; o cônsul honorário da Alemanha no RN, Axel Geppert; o assessor da Diretoria Regional do Senac RN, Estácio Guimarães; e o assessor de Comunicação e Marketing do Sistema Fecomércio RN, Luciano Kleiber.



Ações sociais apoiadas por destinação de IR atendem 260 crianças e adolescentes no RN

Airton Bulhões,

unnamed (3)A Fundação Itaú Social está disponibilizando o edital para que os Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de todo o País, gestores dos Fundos, inscrevam suas propostas até o dia 4 de agosto.

Em 2016, foram destinados R$ 11 milhões para 41 municípios, beneficiando mais de 17 mil crianças e adolescentes.

No Rio Grande do Norte, três ações foram selecionadas e beneficiam 260 crianças e adolescentes. As iniciativas são realizadas nos municípios de Caicó, Doutor Severiano e Guamaré.

PROJETOS SELECIONADO NO  RIO GRANDE DO NORTE

Caicó

Projeto “Defendendo os direitos e promovendo a dignidade de crianças e adolescentes”.

Público atendido: 100 crianças e adolescentes e 70 famílias

Recursos a serem destinados em 2017: R$ 209.408,20

Doutor Severiano

Projeto Vivendo e Aprendendo com Cidadania

Público atendido: 60 crianças e adolescentes de 6 a 17 anos

Recursos a serem destinados em 2017: R$ 152.220,00

Guamaré

Projeto Acolher: programa de atendimento educacional 

Público atendido: 100 crianças e adolescentes

Recursos a serem destinados em 2017: R$ 244.927,00

Parte dos impostos devidos pelas empresas privadas ao Imposto de Renda (IR) pode ser transferidas  diretamente aos municípios para financiar projetos sociais voltados à educação e outras áreas que atendam às necessidades das cidades. Um exemplo é o edital para a destinação de recursos aos Fundos da Infância e Adolescência (FIA), com o objetivo de apoiar projetos que contribuam para a garantia dos direitos de crianças e adolescentes.

“Este ano foram ampliadas as modalidades de projetos que podem ser inscritas. O objetivo é apoiar iniciativas que dialoguem com as prioridades identificadas pelos Conselhos a partir de diagnósticos locais”, explica a coordenadora de Fomento da Fundação Itaú Social, Camila Feldberg.

Os Fundos são administrados pelos Conselhos dos Direitos da Criança e do Adolescente (CDCA). Ambos podem ser municipais, estaduais ou nacionais. Os Conselhos são paritários, com representantes governamentais e da sociedade civil. Após um diagnóstico local, eles desenvolvem um plano de ação para aplicar os recursos do Fundo em iniciativas/organizações sociais que atuem pelos direitos de crianças e adolescentes.

SAIBA MAIS

Cada Conselho pode inscrever apenas uma proposta. Os valores disponibilizados aos Fundos são provenientes da destinação de 1% do imposto de renda devido das empresas do Conglomerado Itaú Unibanco Holding S.A.

Informações sobre as inscrições podem ser acessadas no site do Itaú Social:www.fundacaoitausocial.org.br. O anúncio dos projetos selecionados está previsto para dezembro.



Roteiro das Falésias integra RN e Ceará promovendo eventos para atrair turistas

Airton Bulhões,

    O Rio Grande do Norte e Ceará se juntam na exploração turística da Rota das Falésias e também estão estimulando eventos como o Festival da Lagosta de Icapuí nesta quinta-feira. Outras promoções previstas são 1º Encontro de Voo Livre na Falésia da Pedra Grande, além dos festejos juninos de Mossoró, que devem começar neste fim de semana e a Feira Industrial e Comercial da Região Oeste (FICRO), programada para o período de 13 a 16 de setembro, também em Mossoró.

  Destaques também para o Festival Canoa Blues, Festival da Sardinha e o Pindorecana 2017, entre outras iniciativas que estão previstas que incluem o Festival de Cantadores e Repentistas de Aracati, o Festival do Camarão de Quixaba e o Festival de Marisco de Fortim.

  O que era um atrativo que compreendia percorrer 215 quilômetros do litoral cearense ficou ainda mais sedutor com a inclusão de atrativos do RN ao roteiro, que agora é composto também pelo Polo Costa Branca entrando os municípios de Tibau, Grossos, Areia Branca, Porto do Mangue e Mossoró e pelo lado cearense os municípios de Aquiraz, Eusébio, Pindoretama, Cascavel, Beberibe, Fortim, Aracati e Icapuí.

  A negociação para a inclusão do Rio Grande do Norte ao roteiro teve início no final do ano passado, quando os empresários e instituições ligadas ao turismo do Polo Costa Branca potiguar, juntamente com o Sebrae no Rio  Grande do Norte, solicitaram a integração de cinco cidades à Rota das Falésias, no que foram atendidos pelo Grupo Gestor do Roteiro, com apoio do Sebrae no Ceará.

  Com essa integração os turistas têm a sua disposição muitas possibilidades de lazer e diversão. Podem conhecer 45 praias, além das águas termais de Mossoró, as salinas com imensos morros brancos e atrações como os locais que abrigaram as lutas com o bando de Lampião.



UFRN e Ufersa estão entre as 50 melhores universidades do Pais e Facex lidera como centro universitário

Airton Bulhões,

unnamed5O Ministério da Educação (MEC) divulgou nesta terça-feira o IGC (Índice Geral de Cursos referente a 2015, um indicador de qualidade que avalia as instituições de ensino superior no País. O dado revela que, entre as 50 melhores universidades brasileiras, somente quatro são privadas. 

De acordo com o indicador do  MEC, as quatro universidades privadas entre as 50 melhores do País são: PUC Rio (20º lugar), PUC-SP (21º lugar), Unisinos, do Rio Grande do Sul (29º lugar) e PUC-RS.

O Rio Grande do Norte tem duas universidades entre as 50 melhores rankeadas do País – UFRN na 25ª colocação e a Ufersa na 32ª. 

Do top 50, 37 são federais, sendo que a maioria (dez) está localizada em Minas Gerais. Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul têm quatro instituições cada, enquanto São Paulo tem três.

Ceará, Distrito Federal, Pernambuco, Paraná, Rio Grande do Norte e Santa Catarina possuem duas universidades cada. Por fim, Bahia, Espírito Santo, Goiás e Paraíba têm uma instituição cada.

Apesar de as universidades estaduais aparecerem em número inferior ao de federais, o ranking é liderado por uma dessas instituições, a Unicamp (Universidade Estadual de Campinas).

A USP (Universidade de São Paulo) não aparece na lista de instituições avaliadas porque não participa do Enade (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes), prova que é utilizada como base para elaboração da nota.

Em relação às faculdades, o ranking de melhores do País é liderado por duas instituições privadas ligadas à FGV (Fundação Getúlio Vargas): a Escola Brasileira de Economia e Finanças, no Rio de Janeiro, e a Escola de Economia de São Paulo. Em terceiro lugar aparece o ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica), em São José dos Campos (SP), que é federal e é referência em cursos de Engenharia.

A lista de centros universitários é encabeçada pela Facex, de Natal, no Rio Grande do Norte, que é privada e sem fins lucrativos. Em segundo lugar está a Facvest, de Santa Catarina, que também é privada. O Centro Federal De Educação Tecnológica De Minas Gerais ocupa a terceira colocação.


Núcleo de Pesquisa em Alimentos e Medicamentos da UFRN quer credenciamento internacional

Airton Bulhões,

O Núcleo de Pesquisa em Alimentos e Medicamentos (Nuplam), unidade suplementar da UFRN está  articulando junto à Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) com vistas ao credenciamento junto à Organização Mundial da Saúde (OMS). Com essa iniciativa isso vai permitir o atendimento de demandas internacionais para a produção de medicamentos.

Segundo o diretor do Nuplam, professor Carlos José de Lima, o credenciamento eleva a importância do laboratório e contribui para atingir a missão de produzir medicamentos visando à promoção da saúde pública.

O Nuplam  já produz comprimidos de Olanzapina, substância utilizada no tratamento da esquizofrenia, por meio da política de Parcerias para o Desenvolvimento Produtivo (PDPs), estimulada pelo Ministério da Saúde (MS), com transferência de tecnologia da empresa EMS. Mais de 18 milhões de comprimidos já foram produzidos desde dezembro de 2016 e distribuídos às secretarias de Saúde de 15 estados brasileiros.

Em 2018 a unidade poderá receber demandas do Ministério da Saúde para o medicamento Donepezila, utilizado no tratamento da doença de Alzheimer, a partir de uma nova PDP para internalizar a tecnologia de produção.

Outros projetos para produção de medicamentos que constam na lista de prioridades do Ministério da Saúde serão apresentados para ampliar o leque do laboratório, que neste segundo semestre irá inaugurar a fábrica de sólidos orais multi propósito, com capacidade para produzir até cinco medicamentos em etapas produtivas sucessivas, em um total de até 200 milhões de unidades farmacêuticas por ano.



Favela do Maruim sai para ampliação do cais do Porto e construção de Centro Comercial do Camarão

Airton Bulhões,

    Com a liberação da área onde ficava a favela do Maruim e por 30 anos e que foi uma pedra no sapato da Codern (Companhia Docas do Rio Grande do Norte) agora será possível  após a liberação por parte da justiça de processos envolvendo imóveis de antigos moradores ampliar seu pátio de atracação.

  A ocupação pela favela impedia a movimentação de mais cargas. Com a ampliação do cais serão gerados mais empregos e renda.

   Por outro lado a Codern cedeu um espaço onde a Prefeitura do Natal fará a construção do Centro Comercial do Camarão, no bairro das Rocas com a ordem de serviço jái assinada pelo prefeito Carlos Eduardo. A obra conta com investimentos na ordem de R$ 3,7 milhões de reais, compreendendo a construção de uma área para descasque de camarão, quiosques, banheiros públicos e estacionamento.

  A previsão para a execução dos serviços é de seis meses e de acordo com a secretaria municipal de Habitação, Regularização Fundiária e Projetos Estruturantes (Seharpe) os trabalhos no local terão inicio em dez dias com a instalação do canteiro de obras.

    Por sugestão do leitor da coluna José Barros, ao invés do nome Centro Comercial do Camarão, poderia a Prefeitura denominar Mercado do Camarão. Como também entraria nas obras a revitalização da pracinha do Canto do Mangue. Para fechar as empresas de turismo poderiam operar um passeio pelo rio Potengi até a praia da Redinha, partindo do Cais da Tavares de Lira ou de um ancoradouro onde os barcos de pesca ficam no rio Potengi.

Prazo para 17 mil trabalhadores no RN sacarem o PIS/Pasep vai até 30 de junho

Airton Bulhões,

O Ministério do Trabalho confirma que 17.705 trabalhadores do Rio Grande do Norte ainda não procuraram uma agência bancária para retirar o abono salarial do PIS/Pasep. O prazo final para retirar o benefício em agências da Caixa, Banco do Brasil ou casas lotéricas vai até 30 de junho.

unnamed4No exercício anterior, mais de 22,61 milhões de trabalhadores sacaram o abono salarial do PIS/Pasep ano-base 2014, o que correspondeu a 95,93% do total de pessoas com direito ao benefício no país. Foi a segunda maior taxa de cobertura da história dos pagamentos do abono – o recorde foi em 2009, quando o percentual de saques chegou a 96,3%.

Depois de encerrado o período de saques, o dinheiro do abono salarial voltará para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). Ele será usado para o pagamento de benefícios como o Seguro-Desemprego e o Abono Salarial do próximo ano.

Têm direito ao Abono Salarial ano-base 2015 quem estava inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos, tenha trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2015 com remuneração mensal média de até dois salários mínimos e tenha tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

O valor do abono vai depender de quanto tempo à pessoa trabalhou com carteira assinada no ano-base. Se ela trabalhou durante os 12 meses, vai receber o valor total do benefício, que é de um salário mínimo (R$ 937). Se trabalhou por apenas um mês, vai receber o equivalente a 1/12 do salário (R$ 78) e assim sucessivamente.

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, lembra que os trabalhadores têm menos de um mês para procurar uma agência da Caixa ou do Banco do Brasil e sacar o benefício. “O abono salarial é um direito que o trabalhador tem. Esse dinheiro é do trabalhador, portanto não perca o prazo”, aconselha.



Caixa e Confederação da Indústria fazem cooperação para ampliar acesso ao crédito

Airton Bulhões,

unnamed3  A Caixa Econômica Federal fechou acordo de cooperação com a Confederação Nacional da Indústria (CNI) para implementar ações em conjunto para ampliar o acesso ao crédito e aumentar a competitividade das micro, pequenas e médias empresas do segmento indústria.

  Com a parceria, empresários contarão com condições especiais no crédito para capital de giro, investimentos e financiamentos, além de atendimento especializado e benefícios específicos para o segmento.

  As linhas Crédito Especial Empresa e GiroCaixa oferecem prazo de até 36 meses para pagamento e taxas a partir de 1,52 %. No BNDES Progeren, o prazo é de até 60 meses, com até 12 meses de carência. As empresas contarão ainda com isenção de três meses na cesta de serviços.

  Nas linhas de crédito para financiamento e investimentos, o cliente contará com prazo de até 120 meses, com até 24 meses de carência, no BNDES FINAME. A taxa de juros composta de TJLP, 1,7% a.a. (taxa BNDES), 0,4% a.a. (Intermediação Financeira) e taxa CAIXA (a partir de 2,95% a.a.). No PROGER, o empresário conta com taxa de juros a partir de 5% a.a. + TJLP, com prazo de até 48 meses, e até 6 meses de carência.

  A CEF receberá indicações das empresas do setor industrial, pelas Federações Regionais ou pelo Núcleo de Acesso ao Crédito (NAC), e iniciará o processo de atendimento aos empresários de acordo com o perfil apresentado e região de atuação. A adesão está condicionada à aprovação do crédito e ao grau de relacionamento do cliente com o banco.



Fórum Nordeste de Gestão de Pessoas debate temas de interesse das empresas

Airton Bulhões,

bulhoesCom o tema “Gestão Empresarial Familiar” por Danielle Quintanilha, consultora especializada em conflitos familiares nas organizações e autora de livro sobre o tema será aberto nesta quinta-feira, às 10h, no auditório do Holyday Inn em Natal o 2º Fórum Nordeste de Gestão de Pessoas.

Serão sete oportunidades de aprendizado, capacitação e ampliação de horizontes profissionais: quatro painéis com debates e três palestras. Haverá ainda quatro momentos empresariais ou institucionais a partir de apresentações no palco.

Entre os temas abordados estão liderança, inovação, empreendedorismo, gestão de equipe, gestão de carreira, comportamento humano e cases de sucesso.

O evento é voltado para empresários em geral, gestores, além de executivos, líderes, técnicos, analistas e demais profissionais da área de Recursos Humanos. Os temas são direcionados para profissionais de outras áreas como psicólogos, administradores, contadores e economistas. Coaches, consultores, instrutores e facilitadores também compõem o público-alvo, assim como professores e alunos de ensino superior e de cursos de pós-graduação.

SAIBA MAIS

As inscrições podem ser realizadas através do sitewww.forumgestaodepessoas.com.br ou pelos telefones 3201-0692 e 99999-3080.



Hotel Majestic da rede internacional Best Western é penta como melhor da América do Sul

Airton Bulhões,

A praia de Ponta Negra em Natal reduto de bons hotéis cheio de estrelas tem o hotel eleito pela quinta vez consecutiva o melhor hotel darede hoteleira internacional Best Western  na América do Sul – o Hotel Majestic.

O diretor da Best Western para a América do Sul, executivo  Carlos Achong esteve pessoalmente em Natal para entregar a premiação“Best of The Best”ao empresário Abdon Gosson, que há cinco anos foi o responsável pela implantação do empreendimento hoteleiro na capital potiguar.

O prêmio de qualidade da Best Western é concedido após análise rigorosa de todos os itens de exigência e qualidade. Segundo Gosson, desde a inauguração do hotel, a busca por oferecer um serviço diferenciado para o hóspede tem sido uma meta que é perseguida todos os dias.

No hotel Majestic, que se consolidou como sinônimo de luxo e glamour na hotelaria potiguar, também funciona o sofisticado restaurante francês “La Brasserie de La Mer”, comandado pelo renomado chef Erick Jacquin.

O Majetic vem colecionando prêmio já em janeiro deste ano foi eleito também eleito, mais uma vez, como o melhor estabelecimento hoteleiro de Natal pelo “TripAdvisor”, um dos maiores sites de viagens de turismo do mundo.

Legenda da foto: Achong entrega troféu a Simone a Abdom Gosson 


Ministério da Fazenda e Confaz prorrogam prazo para implantação do Cest

Airton Bulhões,

REMEDIo-IN-P Depois de nove meses de reuniões, em Brasília, o grupo de trabalho encabeçado pela Federação do Comércio de São Paulo, conseguiu fracionar a adoção do sistema prorrogando os prazos para a implantação do Código Especificador da Substituição Tributária (Cest), facilitando o processo nos estabelecimentos atacadistas e varejistas.
 

  A  partir do dia 1º de julho de 2017, a indústria e o importador contribuinte do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), optantes ou não pelo Regime Especial Unificado de Arrecadação de Tributos e Contribuições - Simples Nacional, deverão inserir o Cest nos seus produtos.

  Posteriormente, a partir do dia 1º de outubro de 2017, será a vez do comércio atacadista que deverá: classificar os seus produtos com base no Cest, composto de sete dígitos e, a partir de 1º de abril de 2018,caberá ao comércio varejista realizar a classificação dos seus produtos que não possuem o referido código inserido pela indústria, importador ou o atacado.

O antigo prazo, que já havia sido prorrogado a pedido da Entidade, encerrava em 1º de julho deste ano para todas as categorias. Segundo a assessoria do Conselho de Assuntos Tributários da FecomercioSP, o comércio em geral não detém capacidade técnica para fazer a classificação dos seus produtos com base no Cest, pois trata-se de um enquadramento complexo.

  Cabe à indústria ou ao importador, substituto na cadeia do recolhimento do ICMS, iniciar a classificação dos produtos, inserindo o código de sete dígitos nas respectivas notas fiscais de circulação da mercadoria, dando uma maior segurança jurídica para o atacado e varejo.

 

SAIBA MAIS

  Em resumo, o Cest propõe a uniformização nacional das regras de identificação das mercadorias e traz uma nomenclatura própria de sete dígitos para reclassificar e organizar os produtos sujeitos aos regimes de substituição tributária de antecipação de recolhimento do ICMS.

Segundo a Federação, os contribuintes devem conferir seus produtos com base nos prazos estabelecidos pelo Convênio 60/2017, pois deverão informar o Cest nos documentos fiscais eletrônicos (NF-e) sob pena de rejeição do arquivo.



Construção de Centro Comercial do Alecrim tem apoio maciço das entidades empresariais

Airton Bulhões,

  O projeto para construção de um Centro Comercial do Alecrim onde seria utilizada também a área onde está o teatro Sandoval Wanderley tem aprovação maciça das entidades empresariais como Fecomércio/RN, Associação dos Empresários do Alecrim, Câmara de Dirigentes Lojistas de Natal e Associação Comercial do RN.

  Qual o problema da prefeitura aprovar a construção de um novo teatro Sandoval Wanderley na Ribeira, onde já se encontra o teatro Alberto Maranhão?

  Quem vai ficar contra? a Câmara dos Vereadores de Natal? Remando contra o crescimento do bairro do Alecrim que precisa ser urbanizado e ter seu comércio revitalizado ou as representações de entidades culturais natalenses?

  O bairro do Alecrim vem há muito tempo clamando por melhorias. Camelôs invadem as calçadas, faltam áreas de estacionamento para veículos, o bairro clama por urbanização chega bem pertinho de Calcutá, na Índia

  O projeto para a construção do Centro Comercial traz o que mais todo mundo reclama emprego. Seu funcionamento ampliaria a oferta de empregos na área com um outlet com capacidade de 280 lojas em área de 35 mil metros quadrados, com capacidade de mil vagas de estacionamento. Inicialmente seria uma oferta imediata de cerca de dois mil novos postos de trabalho somente no bairro, podendo chegar a seis mil. Será um investimento de R$ 55 milhões.

“O Alecrim, há cem anos tem vocação comercial e vem se deteriorando. E vi nessa oportunidade da iniciativa privada de renovar o bairro e oferecer trabalho”, afirma o prefeito,Carlos Eduardo.

  A importância comercial do bairro e seu resgate deixam o comércio fortalecido e gerador de impostos, ressalta o presidente da Fecomércio RN, Marcelo Queiroz. O presidente da Associação dos Empresários do Alecrim, Francisco Derneval, disse da necessidade da revitalização do bairro que segundo ele ainda tem força comercial, mostrando alguns números, como a população circulante no comércio: anteriormente chegou-se a ter 100 mil pessoas por dia, durante a semana e no fim de semana, metade disto. Atualmente, este público é estimado em 50 mil pessoas.

  O projeto proposto também contempla a urbanização do Alecrim, como as áreas da tradicional Praça Gentil Ferreira, e do entorno do Relógio. 

Vamos esperar pelo quê?

         



TIM apresenta novidades para assinantes no pós-pago com o plano Tim Black

Airton Bulhões,

unnamedA operadora de telefonia móvel TIM está iniciando a partir de hoje em todo Brasil o TIM Black um completo reposicionamento da companhia para os assinantes no pós-pago. A novidade representa um compromisso da operadora com os clientes baseado na evolução constante não só das ofertas, mas também da experiência e de benefícios, incluindo parcerias fora do setor de telecom.

“Queremos ser referência em pós-pago e estamos construindo o caminho para isso. O TIM Black estará em constante evolução e transcende o pilar da oferta pura e simples. Passa até por uma nova cultura organizacional na empresa. É um compromisso da TIM com o consumidor”,  explica Pietro Labriola, COO da TIM Brasil.

A TIM  reforça que se posiciona como uma escolha inteligente para o consumidor, com o melhor custo-benefício tanto no plano quanto no combo “plano + aparelho”, associado a maior rede 4G do Brasil, o que possibilita uma experiência diferenciada de uso. Agora, a novidade são as chamadas ilimitadas para qualquer número do Brasil, de qualquer operadora. Além disso, a TIM volta a oferecer descontos progressivos na compra de smartphones. Um exemplo é a oferta do Samsung Galaxy S8 com R$ 1.700 de desconto no TIM Pós 7GB.

Hoje, a tecnologia de quarta geração da companhia está em 1.360 cidades de todo o país, alcançando 75% da população urbana. Até o fim do ano, a cobertura 4G da TIM estará em mais de 2.000 municípios e, no fim de 2018, chegará a 3.600 cidades.

Todos os atuais clientes TIM Pós serão automaticamente migrados para o TIM Black, mantendo seus planos e usufruindo das novidades anunciadas, sem qualquer alteração no valor da mensalidade.

Esses usuários já contam com pacotes robustos de internet sem bloqueio quando consomem toda a franquia. Além disso, têm conteúdos relevantes de streaming de música, revistas digitais e armazenamento na nuvem, com utilização sem desconto do pacote de dados. Agora, poderão falar com ainda mais liberdade, de forma ilimitada, e melhorar sua experiência de navegação na maior rede 4G do país com um smartphone com descontos vantajosos.


1-20 de 1221