Carnaval é oportunidade para promover campanha de prevenção ao câncer infanto juvenil

Airton Bulhões,

O carnaval é festa, mas também pode ser bem aproveitado para fazer campanhas educativas e a Prefeitura do Natal e a Casa Durval Paiva se unem para promover a campanha de prevenção ao câncer infanto juvenil partindo para uma ação simples: a distribuição de máscaras carnavalescas com orientações sobre os sinais da doença

 As máscaras, utilizadas em sua grande maioria pelo público infantil, ajudam na conscientização de pais e é um importante instrumento de marketing contra essa doença que já representa a primeira causa de morte (8% do total) por doença entre crianças e adolescentes de 1 a 19 anos.


 Segundo o presidente da Casa Durval Paiva, Rilder Campos a campanha é muito importante para que a sociedade conheça os sinais e sintomas da doença. “A parceria com a Prefeitura é essencial para divulgar para a população a questão dos sinais e sintomas e também pelo fato de estarmos juntos com um ente público fazendo uma campanha em meio a uma festa cultural com a presença de muitos pais e crianças”.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer – INCA, ocorrerão cerca de 12.600 casos novos de câncer em crianças e adolescentes no Brasil em 2017. As regiões Sudeste e Nordeste apresentarão os maiores números de casos novos, 6.050 e 2.750, respectivamente, seguidas pelas regiões Sul (1.320), Centro-Oeste (1.270) e Norte (1.210).

  Segundo informações do INCA, nas últimas quatro décadas, o progresso no tratamento do câncer na infância e na adolescência foi extremamente significativo. Hoje, em torno de 80% das crianças e adolescentes acometidos de câncer podem ser curados, se diagnosticados precocemente e tratados em centros especializados. 


Tags: d
A+ A-