Solo brasileiro será mapeado por instituições e universidades ligadas à ciência e tecnologia

Airton Bulhões,

  No Dia Mundial do Solo, Representantes de universidades e instituições ligadas à tecnologia e ciência assinaram  um protocolo de intenções que oficializa o início do maior trabalho já realizado no Brasil dessa área: o Programa Nacional de Solos do Brasil (Pronasolos). Empreitada com horizonte de 30 anos que envolvem  20 parceiros entre universidades, institutos de pesquisa, agências especializadas e empresas de pesquisa científica.

  Definido pelo presidente da Embrapa, Maurício Antônio Lopes, como uma das maiores iniciativas do Brasil para proteger seu solo, o Pronasolos está orçado em R$ 740 milhões, nos dez primeiros anos, e envolverá atividades de investigação, documentação, inventário e interpretação de dados de solos brasileiros para gestão desse recurso e sua conservação.

Entre os maiores resultados  está a criação de um sistema nacional de informação sobre solos do Brasil e a retomada de um programa nacional de levantamento de solo. “Esses dois pontos a serem atendidos estão listados no acordão redigido pelo Tribunal de Contas da União, em 2015, que deu origem ao programa,” apresentou o coordenador do Pronasolos, o pesquisador José Carlos Polidoro, da Embrapa Solos. “O programa irá obter informações importantes no nível de detalhamento necessário para que o País consiga usar esse recurso natural tão importante”, disse o cientista.

Participantes do Pronasolos

·  Agência Espacial Brasileira (AEB)

·  Diretoria de Serviço Geográfico do Exército (DSG)

·  Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa)

·  Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig)

·  Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme)

·  Instituto Agronômico (IAC)

·  Instituto Agronômico do Paraná (Iapar)

·  Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)

·  Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper)

·  Serviço Geológico do Brasil (CPRM/SGB)

·  Sociedade Brasileira de Ciência do Solo (SBCS)

·  Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS)

·  Universidade Federal de Goiás (UFG)

·  Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

·  Universidade Federal de Viçosa (UFV)

·  Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

·  Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM)

·  Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA)

·  Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE)

·  Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ)

*Instituições signatárias do protocolo de intenções, outros interessados poderão aderir ao programa.


Tags: bulhoes
A+ A-