Observatório: Movimento LGBT prepara 'beijaço' contra Eduardo Cunha em Natal

Diógenes Dantas,
FD/Brasília
O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, estará em Natal no próximo dia 10 de abril para debate sobre a reforma política.

Por onde passa nas últimas semanas, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), é recebido com vaias, protestos e 'beijaços' do movimento LGBT.

Foi o que ocorreu hoje (30) na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, na abertura do fórum "Reforma Política: Visões para construir a mudança".

A cena também foi registrada na Assembleia Legislativa de São Paulo, na semana passada.

Evangélico e conservador assumido, Cunha se mantém contra o aborto e a união de pessoas do mesmo sexo.

No próximo dia 10, Eduardo Cunha estará em Natal para participar da audiência pública conjunta sobre o pacto federativo e reforma política, sob a presidência do deputado federal Walter Alves (PMDB).

O evento vai ocorrer na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, a partir das 14h.

Seguindo a orientação de sua coordenação nacional, o movimento LGBT deve repetir os protestos contra Eduardo Cunha na capital potiguar.

O presidente da Câmara tem encarado as hostilidades com certa naturalidade, mas lamenta: "Eu respeito as opiniões diferentes, mas lamento ser alvo da intolerância". 

Veja a seguir as imagens do protesto contra Eduardo Cunha na Assembleia do Rio Grande do Sul. Registro da Zero Hora.




Presença confirmada

O deputado Walter Alves recebeu hoje a confirmação da presença de Eduardo Cunha na audiência pública em Natal, no próximo dia 10. 

O presidente da Câmara dos Deputados vai passar por João Pessoa no período da manhã, e seguirá para Natal no começo da tarde.


Precatórios

Mais um abacaxi para o governador Robinson Faria (PSD) descascar: o Estado tem de repassar ao Tribunal de Justiça R$ 36 milhões para quitar os precatórios previstos em 2015.

A conta inclui os valores que deveriam ter sido repassados pela antecessora Rosalba Ciarlini (sem partido) nos dois últimos anos de gestão.

São R$ 4,4 milhões do ano de 2013, e cerca de R$ 15 milhões previstos no orçamento de 2014.

A Divisão dos Precatórios do TJ já comunicou os débitos ao Tribunal de Contas do Estado. Por conta dos atrasos, Rosalba pode responder a processo por improbidade administrativa.

Se não colocar em dia os precatórios, Robinson corre o mesmo risco.


Precatórios 2

De acordo com o juiz Bruno Lacerda, responsável pela Divisão de Precatórios do Tribunal de Justiça, a dívida geral do Rio Grande do Norte, incluindo Estado, capital, municípios e suas autarquias, é de R$ 530 milhões, valores atualizados até março.

Desse total, R$ 312 milhões são do Estado, e R$ 101 milhões de Natal.

O setor de precatórios do TJ tem 9,3 mil processos em andamento, e os primeiros datam de 2005. Ou seja, 10 anos de espera.


Observatório da dengue

dengue_desenho_370O Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS), do Hospital Universitário Onofre Lopes da UFRN, fechou uma parceria inédita com a Secretaria de Saúde do Estado. O objetivo é melhorar o monitoramento dos focos do mosquito Aedes aegypti utilizando o sistema Observatório da Dengue, através de um dispositivo móvel. Convênio parecido foi firmado com a Secretária de Saúde de Natal em maio do ano passado.

A apresentação oficial aos gestores da saúde dos 167 municípios do RN acontecerá na quarta-feira (1º), das 8h30 às 13h, no Hotel Praia Mar. Na ocasião, os secretários de saude irão assinar um termo de uso do sistema.

O sistema permite o registro de todas as informações sobre a visita do agente de endemias, contendo um mapa indicando cada rua, imóvel, e outros dados de todo o trabalho feito. Além de permitir o mapeamento dessas informações em tempo real, o sistema monta uma base de dados que poderá ser utilizado no combate à doença de forma mais eficaz e na prevenção de surtos de dengue e da febre chikungunya. 

O mapa, por sua vez, proporciona acompanhar as ocorrências com grande antecedência e permite o conhecimento dos casos de foco do mosquito com maior precisão.

A população também poderá contribuir por meio do sistema. Basta acessar o site ou instalar o aplicativo em seu dispositivo móvel, se registrar utilizando uma conta de e-mail e então informar um foco e/ou um caso de dengue. O registro por e-mail é uma forma de autenticação e servirá para coibir a disseminação de informações falsas. 

Com a ferramenta, as secretarias de saúde poderão acionar os agentes de endemias que irão ao local fazer uma visita técnica para tratamento e controle do mosquito.


De vara

ezeq_juiz_370O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira (PMDB), reuniu-se hoje (30) com o Juiz Marcus Vinicius Pereira Júnior, da Vara Cível da Comarca de Currais Novos. 

Durante o encontro foi discutida a possibilidade de criação de uma nova vara cível no município, especializada em família, infância e juventude.

Para o juiz Marcus Vinicius, o município de Currais Novos apresenta uma demanda muito alta de processos e a criação de uma nova unidade jurisdicional trará melhores resultados na prestação dos serviços jurídicos oferecidos aos cidadãos.

Currais Novos conta hoje com três varas cíveis.


Corte na Esplanada

rogerio_marinho_psdb_370O deputado Rogério Marinho (PSDB) cobrou medidas mais efetivas do que as do ajuste fiscal proposto pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy, para resolver a atual crise econômica do país.

Segundo ele, ao manter a elevação dos juros - além do aumento de impostos - o governo Dilma Rousseff (PT) joga a conta do poder público nas costas dos mais pobres.

Entre as medidas mais efetivas, Rogério sugeriu o corte no número de ministérios - hoje são 39 - e de cargos comissionados da gestão petista.

“Devemos ter uma inflação próxima de 10% neste ano. É um número ruim, e para os mais pobres é ainda superior, já que a inflação para os produtos de primeira necessidade está em patamares mais elevados”, disse o tucano.


No rádio

O secretário estadual do Turismo, Ruy Gaspar, será entrevistado amanhã (31) no Jornal 96. O programa começa às 7h30, na 96 FM.

DD.

Tags: Eduardo Cunha Observatório
A+ A-