Insatisfação com ameaças de mudanças nas leis trabalhistas vai além mar

Carlos Alberto,

A insatisfação com relação as mudanças que estão sendo propostas nas leis trabalhistas não ocorre somente no Brasil. Tive a oportunidade de conhecer Portugal e constatei que além mar há também um clima de insatisfação com relação ao assunto. Não só isso. Existe uma preocupação dos patrícios também em relação ao euro devido a saída da Inglaterra da União Europeia.

Há informação também que existe uma linha política em Portugal que começa a defender o retorno do país à Monarquia, seguindo o modelo espanhol. Fato é que, apesar de Portugal viver um momento muito bom, sobretudo, no que diz respeito ao turismo, já que lá não há qualquer tipo de violência e muito menos terrorismo, os portugueses temem um retrocesso na economia com a instabilidade do euro em função da decisão tomada pela Inglaterra e ameaças de outros países como França e Alemanha.

Uma das coisas observadas principalmente em Lisboa, capital lusitana, é que aluguel de imóveis subiu a estratosfera. Algumas pessoas que trabalham em Lisboa estão preferindo morar em cidades próximas para pagar um alugeul mais em conta.

Portugal, como porta de entrada da Europa tem atraído muito o turismo internacional, mas sua economia ainda é instável, isso dito pelos próprios portugueses com quem tive oportunidade de conversar.

No retorno ao Brasil percebo que a coisa aqui tá preta. A República tá caindo feito um castelo de areia com as denúncias dos Odebrecht, pai e filho. Emílio Odebrecht declarou em delação que a corrupção no Brasil existe há mais de 30 anos. Eu diria que existe desde quando Cabral aportou em terras tupiniquins.

No entanto, assim como no Brasil, no país amigo, também existe corrupção, só que lá, eles não têm o complexo de vira-latas como nós brasileiros temos de achar que isso só existe apenas na linha abaixo do Equador e que foi o PT que inventou.

Acesse o blogdobarbosa clicando no link http://www.blogdobarbosa.jor.br

A+ A-