Felipe Alves deve acertar seu ingresso na Luverdense para a disputa da Série C

Edmo Sinedino,

felipe_09

O ABC, de novo, não vai aproveitar Felipe Alves. O jogador vai ser, não, foi empresado mais uma vez.

Desta vez o destino é a Luverdense, certamente sob a indicação de Sérgio Papeline, que esteve aqui e não é bobo nem nada.

Outro que mostrava interesse pelo jogador era o técnico Diá.

Portanto, Felipe Alves, que saiu do Santa Cruz, vai para o Mato Grosso.

Veja a matéria:

A diretoria da Luverdense anunciou nesta quinta-feira a contratação de mais um jogador para fazer parte do elenco da equipe matogrossense durante o campeonato Estadual e o Brasileirão da Série C. Quem chega ao clube é o jovem atacante Felipe Alves.

Felipe estava atuando no time do ABC de Natal, onde tem mais alguns anos de contrato e é revelado pelo clube Alvinegro. O jogador chega por empréstimo ao time da Luverdense e espera adquirir experiência na equipe do Mato Grosso.

Felipe Alves se destacou na campanha do Santa Cruz/RN no Campeonato Potiguar de 2011, quando esteve no Santa também por empréstimo do ABC. O jogador marcou dois gols contra o próprio Alvinegro naquele ano e ainda foi vice-campeão Estadual com o Santinha.

PS: a matéria fala que o jogador foi destaque em 2011, mas esquece que esse ano, na fase preliminar em que o Santa Cruz foi campeão da Taça FNF, ele marcou cinco gols e foi o grande nome da equipe.


ABC: não dá para justificar a saída do melhor jogador do plantel

Edmo Sinedino,

A diretoria do ABC não explica a saída de Hamilton.

Agora, de repente, entendo o motivo de elogios exagerados ao Leandro Santos.

Minha nossa! Isso é que é organização.

A torcida, cansada de pancadas, quer saber os reais motivos dessa novidade.

Capítulos repetidos de uma novela: o ABC dispensa um de seus melhores jogadores.

Muitas reações nas redes sociais.

Como um clube que tem um plantel reduzidíssimo, disputando duas competições simultâneas, em vias de começar um Brasileiro, toma esse tipo de atitude?

Não era para ser o contrário?

O ABC está precisando de reforços.

Faltam zagueiros, faltam meiocampistas e atacantes.

Analisem o plantel do ABC. Vocês verão, faltam muitas, muitas peças mesmo.

Tomara que Alexandre, Renato e Thiaguinho não sejam "dispensados" para conter gastos também...



Baile chileno no Mineirão; o que fizeram com o futebo do Brasil?

Edmo Sinedino,

Foto: getty images

neymar_09

O Brasil empatou com o Chile de 2 a 2 na noite desta quarta-feira, diante de mais de 50 mil torcedores no Mineirão.

Amistoso de preparação e que serviria para os “grandes mestres” do futebol Felipão e Parreira tirarem as dúvidas, as últimas, sobre quem levar para a Copa das Confederações.

E eu tinha prometido a mim que não escreveria mais sobre seleção. Até nem quis assistir aos últimos jogos.

Mas, motivado, talvez, pela goleada na Bolívia, acabei parando diante da tevê (muda) para ver o Brasil.

Explico a tevê muda: é que não dá, é humanamente impossível suportar Galvão Bueno e Arnaldo César Coelho.

Voltemos ao Brasil: e o que vi? Gente, estou indignado até agora, nem devia, bem poderia ficar indiferente, mas não consigo.

Como o Brasil joga no Mineirão, diante de mais de 50 mil torcedores, seu estádio, sua gente, pensando em Copa do Mundo, e faz um papelão desses?

Foi o Chile que jogou, foi o Chile que criou, que atacou, que teve posse de bola, e que mandou em quase todo o jogo.

Só deu o Chile minha gente.

O time de Felipão não tem jogada, não tem defesa, não tem ataque, e não existe articulação entre setores.

Conhecido por ser retranqueiro, ele e também seu coordenador, mas nem isso, nem retranca eles sabem mais armar.

Todo o tempo a equipe absolutamente vulnerável em sua defesa e quando tinha a bola se assustava, procurava se livrar.

Era mesmo uma bola? Ou um tijolo quente, queimando os pés de nossos “craques”?

Os gols do Brasil saíram, primeiro de um lance de bola parada, e o segundo de uma articulação que só aconteceu uma vez, bonita, mas única.

Gente, o Brasil só tem Neymar (foto). Coitado de Neymar.

E seria tão simples vencer o Chile. Tão simples. Como? Qualquer mané metido a treinador adiantaria a marcação, tiraria o espaço do Chile, forçaria o erro, e pronto.

Rapidinho os espaços de Neymar se abririam, e mesmo o Ronaldinho se arrastando, o Pato rebolando teriam chance de jogar.

Mas será que jogariam? Termino ficando em dúvida. Não com relação a Neymar, mas com relação ao resto.

Se salva alguém desse time que vi hoje? Neymar e...

Fernando, talvez, Paulinho, talvez...

Minha nossa, estou condenado a ver Daniel Alves, Hulk, Kaká, Adriano e não duvido que eles até promovam o retorno de Maicon...

Ah, Brasil!

O que fizeram com o futebol do meu Brasil?



Roberto Fernandes pode optar por Netinho no lugar de Índio Oliveira

Edmo Sinedino,

Foto: site do América

roberto_09

Está chegando a hora. O América, de uma vez por todas, traçar um caminho mais duradouro, mais representativo na Copa do Brasil.

A partida de hoje, contra o Ji-Paraná, é daquelas de meter medo. Não pelo adversário, não por falta de qualidade do time rubro, mas pela mística” desta competição tão singular.

Nesta quarta-feira, dia de muita água, o treinador Roberto Fernandes (foto) não quis correr riscos, ensaiou várias jogadas, repetiu as que realiza sempre, e treinou, muito, cobranças de pênaltis. Precaução sempre muito bom.

Como não teve coletivo ou mesmo qualquer grupo formado, ficamos na dúvida sobre o time que começa jogando.

Levando em consideração o que Roberto Fernandes falou na segunda-feira, pós clássico, que “hoje não teria começado o jogo como meçou”, posso tirar a conclusão de que ele vem com mudança.

E as opções? Netinho na meia, junto com Cascata, Itamar só na frente, e mudança para o esquema 4-5-1, com Renatinho na esquerda e saída de Índio Oliveira.

Ou a manutenção dos dois atacantes e a saída de Ricardo Baiano. Mas aí não seria correr riscos demais?

Não creio que ele mexa com Fabinho ou Daniel, e nem com Cascata. Portanto, vejo a possibilidade maior da saída de Índio Oliveira, que ficaria como opção no segundo tempo.

Vamos ver. Eu arrisco que ele entra com Dida, Norberto, Índio, Edson Rocha e Renatinho; Ricardo Baiano, Daniel, Fabinho, Cascata e Netinho; Itamar.

Depois do treino o gerente de futebol do América, Carlos Moura Dourado, confirmou a lista dos 20 jogadores relacionados para a partida contra o Ji-Paraná.

Confira:

Goleiros: Dida e Rodrigão;

Zagueiros: Edson Rocha, Alysson e Índio;

Laterais: Norberto, Renatinho Potiguar e Bruno;

Volantes: Ricardo Baiano, Felipe Macena, Daniel, Fabinho e Ewerton;

Meias: Cascata, Netinho e Índio Oliveira;

Atacantes: Tiago Adan, Taiberson, Jorge Santos e Itamar.



O volante Hamilton deixa o ABC

Edmo Sinedino,

Foto: site do ABC

hamilton_09

O volante Hamilton está fora do time do ABC.O volante acertou sua rescisão contratual com a direção do clube e não vai mais vestir a camisa do clube.

Não se sabe se o atleta recebeu alguma proposta, mas o que se comenta é que o jogador estaria deixando o clube para ter mais tempo de cuidar de seus negócios.

Na imprensa pernambucana, a saída de Hamilton foi destaque. Mas sua volta para o Sport foi descartada, apesar de alguns levantarem a hipótese de acerto com o Santa Cruz.

O ABC perde, sem dúvida, mais um grande valor. Já se foram Raul, Andrey, Minhoca e Gladstone, entre outros.

Neste começo de semana, o jogador foi liberado para resolver um problema particular (sua residência foi arrombada) e no seu retorno, na terça-feira pela manhã, ele já comunicou sua intenção.

O presidente do ABC justificou a saída do atleta da mesma forma dos outros. A saúde financeira do clube. Não está bem explicada a situação.

Para a Série B, o ABC vai ter que contratar, não? Estranho, muito estranho tudo isso.

Veja o que o atleta disse ao site oficial do clube:

“Só tenho a agradecer ao ABC pela oportunidade que me foi dada de defender o clube, fui feliz aqui e acredito que deixo as portas abertas. Conversei com o presidente, que foi muito correto comigo, e chegamos a um acerto que acredito ter sido melhor para as duas partes. Agradeço à comissão técnica, meus companheiros e a torcida por tudo e fico na torcida por eles".




Alexandre sente contusão muscular e deve desfalcar o ABC no domingo

Edmo Sinedino,

O técnico Paulo Porto realizou na tarde desta quarta-feira um treino de finalização, só.

O campo pesado impediu qualquer prática mais tática. De qualquer forma, uma baixa a mais na equipe. O ala Alexandre sentiu a coxa no final do treinamento.

O jogador se mostrava muito triste com a situação, pois havia voltado de contusão, e bem, no clássico de domingo, e agora volta a sentir.

O jogador deve passar por nova avaliação do DM, mas dificilmente deverá ganhar condições de jogo para domingo.

A contusão muscular sentida nesta quarta, no entanto, não foi a mesma que o tirou dos últimos jogos.

Os laterais Raulen e Renato, os volantes Edson e Bileu, o meia Jean Carioca e o atacante Vanderlei não treinaram e ficaram em tratamento intensivo com os médicos e fisioterapeutas alvinegros


Fabiano, Edson Veneno e Osmar desfalcam o ASA no duelo contra o Santa Cruz

Edmo Sinedino,

Foto: site oficial do ASA

gabriel_09

O técnico Moisés de Lima Neto, do ASA, não vai poder contar com os zagueiros Fabiano (suspenso) e Edson Veneno (entregue ao Departamento Médico) para a partida desta quinta-feira (25), diante do Santa Cruz..

O goleiro Gilson e o meia Didira estão liberados pelo DM e à disposição da comissão técnica e o potiguar Gabriel (foto) está confirmado na ala direita.

O lateral direito Osmar fez trabalhou em separado com o preparador físico Adriano Oliveira e também não deve jogar.

“voltar agora seria olho grande, ser fominha, não pensar na equipe”, disse ele, que fez questão de elogiar as atuações do lateral Gabriel que o está substituindo.

A programação de treinamentos foi encerrada na tarde desta quarta feira (24), com a realização de um coletivo no estádio Coaracy da Mata Fonseca. 

O confronto contra o Santa Cruz, o da volta, começa às 20h30,  no Estádio Coaracy da Mata.

Na primeira partida, no Iberezão, em Santa Cruz, as equipes ficaram no empate de 0 a 0.



Santa Cruz vai tentar surpreender o ASA de Arapiraca

Edmo Sinedino,

O Santa Cruz está pronto para o ASA na Coipa do Brasil.

A partida, da volta, contra o time alagoano, será nesta quinta-feira, às 20h30, no estádio Coaracy da Mata.

A Copa do Brasil para o Santa Cruz é praticamente a última chance de alguma coisa positiva na temporada.

O time está fora do Estadual, sem chances, assim como está ficando muito difícil de garantir uma vaga na Série D.

O técnico, novo, Roni Araújo praticamente já definiu a equipe titular que vai entrar em campo. Ele conta com todos os titulares e fez a opção pelo esquema 3-5-2.

Além da definição dos titulares e do esquema, o treinador treinou exaustivamente a cobrança de pênaltis.

Isso dá um indicativo claro que o tricolor do Inharé vai fechadinho tendo como prioridade não tomar gols.

Roni, no entanto, avisa que seu time não vai abdicar de procurar surpreender em contra-ataques.

O time titular teve: Marcelo Galvão, Geovani, Romeu e Thiago, os três zagueiros; Fernandes (ala), Erivelton, Leomir, Janeudo e Luís Carlos; Alvinho e Maurício Pantera.

Interessante, é que nenhum dos meiocampistas é volante fixo, o que reforça a intenção do técnico em também sair bem para o ataque.



O ABC deve mesmo estrear na Série B jogando no Almeidão, em João Pessoa

Edmo Sinedino,

Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa do Governo do Estado

estadio_09

Uma vergonha para o nosso futebol. Sem falar no tanto que já perdemos, ou deixamos de ganhar.

O ABC, punido com a perda de um mando de campo em punição do STJD (por conta dos acontecimentos do clássico, ano passado, última rodada do Brasileiro), vai ter que cumprir

E jogar fora na largada da competição.

Normal seria se pudéssemos contar com um estádio alternativo em nosso Estado. Mas não temos.

Marizão, Iberezão, Edgarzão, nenhuma das praças, todas a uma distânca superior a cem quilômetros, e que poderiam receber a partida, têm condição.

Um tristeza.

Nem mesmo a cidade de Mossoró, a segunda maior do Rio Grande do Norte, com uma arrecadação fantástica e com o reforço dos royalties do petróleo tem um estádio em condição.

O Nogueirão está em petição de miséria. E olha que a governadora do estádio é de Mossoró.

Por isso, o ABC, tudo indica, vai ter que jogar na capital da Paraíba, a querida João Pessoa, que nos últimos anos vem nos dando lições em vários campos.

Nós não temos mais Machadão, JL está um lixo e as promessas de estádio na ZN esquecidas.

JP não. Eles têm o Almeidão (foto) reformado, liberado, bonito, o estádio da Graça e o estado ainda dispões de praças como o Amigão, em Campina Grande, cópia do Almeidão, e estádios de grande porte em Cajazeiras e Souza.

A nós, o que cabe? Ficarmos rubros de vergonha.

Portanto, resumindo, a torcida do ABC vai ter que fazer turismo em João Pessoa, e vai ser uma boa, no dia 25 de maio, da estreia da Série B, contra o Paraná Clube.



TJD mantém punição de perda de mando de campo imposta do Potiguar

Edmo Sinedino,

O Potiguar de Mossoró continua punido com a perda de um mando de campo. No domingo, na partida contra o Coríntians, o rubro não vai poder jogar no Nogueirão.

E vem mais complicação para o vice-líder. O time Príncipe será julgado novamente nesta quarta-feira no TJD, devendo pegar mais uma gancho de suspensão.

Isso significa que, brigando por vaga na final do turno, e para garantir presença também na Série D, o Potiguar pode fazer seus últimos dois jogos fora de Mossoró.

A direção promete recorrer da decisão desta terça-feira (23).

Veja a publicação no site oficial do clube

RESULTADO DO JULGAMENTO realizado na noite desta terça-feira (23) no TJD RN.

O Tribunal de Justiça Desportiva (TJD - RN) manteve e perda de um mando de campo, mas a multa de R$ 4.000 foi reduzida para R$ 1.000, devido aos incidentes provocados pela torcida no confronto em que o time alvirrubro foi derrotado pelo América por 2 a 1, no dia 13 de março de 2013, em jogo válido pela 4ª rodada.

Nesta quarta-feira (24), será realizado mais um julgamento pelo TJD RN, o julgamento será sobre os incidentes do confronto contra o ASSU, realizado no dia 14 de abril, em que o Potiguar venceu por 1 a 0, quando foram arremessadas no campo duas garrafas por torcedores do time alvirrubro, segundo consta na súmula pelo Árbitro Andrielly Elkeitt, link: http://www.fnf.org.br/_upfiles/sumulas/arq516c2f789f95f.pdf

O Presidente alvirrubro informou que o DEPARTAMENTO JURÍDICO do clube mossoroense vai entrar com um recurso nos próximos dias.



"Frankenstein" prejudicou o América ano passado e cruza o caminho rubro de novo

Edmo Sinedino,

Foto: site do Cruzeiro

frankebom_09

Muito preocupante. E não é mania de perseguição. Só não fico mais aperreado com essa escalação porque sei que o Ji-Paraná não tem tanta influência no cenário nacional.

Mas esse tal de Nielson Nogueira Dias (foto), que chamo de Frankenstein, árbitro pernambucano, não merece, para mim, uma grama de confiança.

É fraco, lento, acompanha os lances de longe e abusa do autoritarismo.

Sem falar que, Sérgio Fraiman lembrou muito bem em seu blog, que ele prejudicou o América ano passado na mesma Copa do Brasil.

No jogo da ida, na casa do Horizonte, ele inventou um pênalti para o time da casa. Um lance escandaloso.

Se a CBF, se a arbitragem no Brasil tivesse um pingo de moral, o “Frank” teria pego um gancho monumental.

Mas eles nem olham para os desmandos que acontecem no lado de cima do mapa. E acho que nem em lugar nenhum.



Desta vez não é pegadinha; Daniel desfalca o Potiguar contra o Coríntians

Edmo Sinedino,

Desta vez não "armação" de Celso Teixeira.

Um dos melhores, senão o melhor jogador do Potiguar, o volante Daniel, está fora do jogo decisivo contra o Coríntians.

Um prejuízo para quem precisa jogar, sair para cima, e vencer. Daniel tem bom passe, e por isso está despertando o interesse do ABC.

A direção alvinegra já fez proposta para ter o jogador para a Série B do Brasileiro.

Veja a matéria do site do Potiguar

Para confronto contra o Corintians, Potiguar não poderá com Ivson e Daniel

O Potiguar terá dois desfalques para o confronto contra o Coríntians. O zagueiro Ivson e o volante Daniel irão cumprir suspensão contra a equipe do Seridó.

Ivson foi expulso no clássico contra o Baraúnas. Já Daniel recebeu o terceiro cartão amarelo no clássico e também desfalca o Potiguar.

O confronto entre Potiguar x Corintians está marcado para o domingo (28), no estádio Nogueirão, às 17h. O time macho ocupa a vice liderança no segundo turno com nove pontos, e só depende de suas próprias forças para chegar a final.

Já na classificação para a SÉRIE D 2013 o Potiguar lidera com 41 pontos, três pontos a mais que o ASSU e Santa Cruz, segundo e terceiro colocado respectivamente, pois, o ASSU tem uma vitória a mais que o Santa Cruz, 12 contra 11.


Orações pela recuperação do professor José Normando

Edmo Sinedino,

Foto: divulgação

normando_09

O professor José Normando (foto), um dos fundadores da torcida FERA - Fieis Esmeraldinos Radicais - se submete hoje à cirurgia de ponte de safena e está precisando de nosso apoio.

Uma corrente de orações por um desportista que sempre esteve ao lado do Alecrim nos seus momentos mais difíceis.

Que todos os alecrinenses,  enfim, todos os desportistas que se acostumaram a ver o Normando trabalhando, não só pelo Alecrim, mas pelo futebol do RN, possa se unir nessa hora de aflição.

Coragem, paz de espírito para a família do professor, uma pessoa querida não só no meio do futebol.

Que ele a cirurgia seja guiada pelas mãos de Deus e que Normando, meu querido amigo, possa se recuperar o mais rapidamente possível.


Bombinha vai assinar contrato e fica à disposição de Paulo Porto para a Série B

Edmo Sinedino,

bombinha_09Pensando na Série B do Brasileiro, a direção do ABC confirmou um reforço “interno” para a competição.

Trata-se do atacante Elionar Bombinha (foto), recuperado de contusão, cheio de animação e querendo muito voltar a jogar futebol.

O artilheiro se recuperou de uma cirurgia no joelho esquerdo, após sofrer uma lesão nos ligamentos cruzado anterior e no colateral medial, realizada no mês de outubro.

A direção alvinegra já confirmou o acerto, mas o contrato só deve ser mesmo assinado nesta quinta-feira. O jogador deve se reunir com o presidente Rubens Guilherme para oficializar o acerto.

Bombinha vai ficar no cluhe, nesse novo acerto, até o final do Campeonato Brasileiro da Série, e com possibilidades reais de defender a equipe na Copa do Brasil.

Certamente, diante do que vemos de opções para a posição, não deixar de ser uma grande aquisição. Bombinha tem a confiança da Frasqueira.


Roberto Fernandes e Paulo Porto falam sobre planejamento para a Série B

Edmo Sinedino,

alvinho1_09Ainda falando dos treinadores de ABC e América, na participação super elogiada no programa Esporte Fino.

Roberto Fernandes, do América, também destacou a Série B. Da pretensão de contratar jogadores em estados que tenham muitos participantes na competição.

São Paulo e Santa Catarina, por exemplo.

Não deixa de ter razão. São detalhes importantes de planejamento.

Brincando, ao responder sobre a volta do atacante Rico, ele chegou a afirmar que o atleta estaria indo para o "Frasqueirão".

"Ele não atende mais meu telefone", disse sorrindo.

Sobre os meninos da base, o treinador chegou a garantir pelo menos cinco nomes da base participando efetivamente da Série B.

Bruno, Felipe Macena, Índio Oliveira, Lailson e Rivaldo, que está emprestado ao Coríntians e que, afirmou, foi contra sua vontade.

O abcdista Paulo Porto foi menos explícito. Claro, até porque está há bem menos tempo no ABC.

Ele falou sobre Romarinho, e elogiou o garoto. Mas falou das "ressalvas". Alguns nomes de nomes das bases foram citados, mas o aproveitamento não está garantido.

Sobre reforços, Porto se limitou a sorrir. Fala-se que o ABC estaria acertado com o volante Daniel, do Potiguar, e Ademir Sopa, e um outro jogador de meio-campo.

Sobre a reintegração de Alvinho e Felipe Alves, no final do programa, rapidamente, o treinador afiançou que tudo vai passar pela análise de planejamento.

Eu acho que Alvinho (foto) e Felipe Alves precisam ser aproveitados na Série B. Chegou a hora!


Roberto Fernandes e Edson Rocha preocupados com o Ji-Paraná

Edmo Sinedino,

bobfernandes_09O técnico Roberto Fernandes (foto), o outro treinador entrevistado no Esporte Fino de ontem, demonstrou, e eu compreendo, uma preocupação muito grande com a partida da Copa do Brasil.

“Só o América tem a perder”, disse ele. E é certo. O Ji-Paraná vem a Natal para fazer o jogo da sua vida.

Quer dizer, a despreocupação, o fato de ser “franco atirador” não vai transformar o time rondoniense do dia para a noite.

Não vai deixar de ser humilde, um mero participante nessa competição tão importante, mas é ela, é a Copa do Brasil de tantas surpresas.

E futebol, todos sabem, mesmo com a tecnologia, conhecimento, modernidade, tudo, tudo, nunca vai deixar de ser futebol.

Não estaremos livres, absolutamente livres de surpresas.

“Se nós ganharmos de goleada, a torcida vai dizer que era obrigação. Numa partida dessas só temos a perder, por isso que estou tendo conversas especiais a toda hora com o grupo”, disse o treinador.

O capitão Edson Rocha, no mesmo tom, falou ao site oficial do clube, descartou o desgaste e falou do cuidado que todos devem ter..

Veja o que ele disse:

“Esse ritmo de jogos é cansativo, mas futebol é assim mesmo. Temos que estar sempre ligados, para que possamos dar sequência nas competições. Vamos enfrentar o Ji-Paraná e sabemos que eles estão tendo dificuldades no campeonato estadual deles, mas a gente vai procurar manter o nosso ritmo pra vencer a partida”.



Lopes tem retorno garantido no domingo, mas, e Hamilton?

Edmo Sinedino,

Foto: site oficial do ABC

hamilton_09

O técnico Paulo, entrevistado ontem, no programa Esporte Fino da Rádio 96 FM, não demonstrou muita firmeza sobre o retorno do volante Hamilton (foto).

Não entendi bem.

Hamilton, ao contrário de Leandro Santos, não jogou só uma partida boa. Ele vem de uma seqüência.

Ele foi taxativo ao afirmar que o goleiro Lopes voltaria ao time, mas sobre o capitão ele não deu a certeza.

Deve ser o efeito empolgação da atuação do Leandro. Confesso que não entrei nessa.

Vi e revi os principais lances do jogo, e não vi participação tão efetiva assim do volante.

De qualquer forma, cada qual sabe onde o sapato aperta. Vamos esperar.

Gostei do Bileu no jogo, mas a torcida é muito ingrata com esse jogador, e a imprensa, boa parte, tem a predisposição de ignorá-lo.

O técnico Paulo Porto deve tomar cuidado, pois o Alecrim, adversário de domingo, vem crescendo nessa reta final de certame.

Veja a matéria do site do ABC:

O elenco abecedista retornou aos treinamentos na manhã desta terça-feira (23), no CT Alberi Ferreira de Matos, e deu início aos preparativos para o clássico do próximo domingo (28), contra o Alecrim, marcado para as 17h, no estádio Frasqueirão.

O grupo realizou um trabalho para prevenção de lesões musculares e uma atividade de força geral no CTFIS-ABC e na sequência participou de um treino de força especial com subida em rampa aliada com multi-saltos.

O lateral Raulen, o volante Edson, os meias Junior Xuxa e Jean Carioca e o atacante Vanderlei não treinaram e fizeram tratamento intensivo com os médicos e fisioterapeutas alvinegros.

O grupo foi liberado após a movimentação e voltará aos treinamentos no turno da tarde, a partir das 16h, no campo do CT.



Gileno Souto Júnior é o novo titular da Codesp

Edmo Sinedino,

Foto: divulgação

gilenoboa_09

O professor Gileno Souto Júnior foi oficializado como o novo coordenador de esportes da Codesp.

A notícia foi confirmada hoje pela secretária de Educação do Estado, Betânia Ramalho.

Gileno, professor de educação física formado pela UFRN, com experiência de muitos anos, ex-atleta laureado do futsal, foi, sem dúvida, uma ótima escolha.

Que Gileno possa dar sequência ao ótimo trabalho desenvolvido pelo hoje sub-secretário Osvaldo Neto.

Gileno e sua equipe já começam a traçar os planos de lançamento dos Jogos Escolares 20134.


Danilo Menezes faz parte da história do milésimo gol de Pelé

Edmo Sinedino,

milgol_09Blog escrito por mim, para ser meu mesmo, ter minha assinatura indiscutível, precisava de uma postagem sobre Danilo Menezes.

Tava lendo minhas coisas antigas, e vi essa postagem dos festejos dos 40 anos do mil gol de Pelé (texto de 2009).

E Danilo Menezes estava lá.

Por isso resolvi reproduizir aqui na nova fase do blog No Ataque do portal Nominuto.com.

E tudo que escrevo sobre Danilo e Bora tem uma repercussão maravilhosa, coisas muito boas acontecem.

Leiam:

O gol mil de Pelé completa 40 anos. No Dia da Filosofia.

Lembrar Pelé, Kant, Sócrates, Sófocles, Kant,Maquiavel, Marx, Descartes, Bacon, Nietzsche, Platão, Rousseau e Sartre, entre outros, tudo a ver.

E, claro, o filósofo Danilo Menezes Nuñes. Uma figura conhecida de todos nós natalenses que teve o privilégio de estar no Maracanã naquele dia.

Por isso só ele já merece registro em nossa história, se bem que esse personagem foi muito além que a participação do milésimo gol de Pelé.

O gringo potiguar era o camisa 11 do Vasco naquela noite de 19 de novembro de 1969.

Danilo afirma que viu Pelé empalidecer um pouco quando olhou para o capitão Carlos Alberto e ouviu ele dizer: “vai lá e faz”.

Pelé, ainda narra Danilo. Parece ter se recomposto. Pôs as mãos nas cadeiras, deu uma paradinha e, pimba!

- Andrada quase pega. Ele ficou louco esmurrando o chão – diz o gringo.

A festa do gol, da conquista, da história, todo mundo sabe, foi narrada mais vezes que mesmo os mil gols de Pelé.

O que pouca gente sabe é o outro lado.

Segundo Danilo, Andrada não se conformou por não ter pego o pênalti.

-Até hoje não entendo. Ou o Andrada é muito burro ou muito orgulhoso. Ora, se ele pega o pênalti naquele dia, Pelé faria em outro goleiro, e ele, o trouxa, não estaria na históra até hoje – fala Menezes sorrindo muito.

- No caminho para casa, vocês precisavam ver – a gente morava numa localidade perto, pegava um ônibus no Maracanã, (vejam só que diferença de hoje), saltávamos e íamos caminhando – continua Danilo.

- Morava a turma junto num pensionato. A cada dez metros, Andrada resmungava, chutava o chão, reclamando por ter tomado o gol. Será que ele pensava que seria lembrado como o goleiro que evitou o mil gol de Pelé – comenta Menezes rindo muito.

Para encerrar, Danilo disse ainda que o goleiro argentino do Vasco ficou vários dias emburrado, se se chateava quando os repórteres vinham perguntar sobre o gol.

Que bobo: Edgard Norberto Andrada, nascido em Rosário, na Argentina, tem que agradecer ao rei por ter ficado um pouco mais famoso e na história, para sempre, do futebol mundial.

Andrada está com 70 anos hoje.

Para Danilo, claro, a emoção foi de Pelé, dos santistas, da imprensa, do Brasil, mas ficou honrado e ainda se lembra com orgulho de ter participado desta página histórica do futebol do Brasil e em pleno Maracanã.

Times:

Santos FC 2 x 1 Vasco

Gols: Santos FC- Pelé (pênalti) e Renê (contra); Vasco - Benetti

Árbitro: Manoel Amaro de Lima

Local: Estádio do Maracanã (RJ)

Público: 100 mil

Data: 19 de novembro de 1969

Santos FC

Aguinaldo; Carlos Alberto Torres, Ramos Delgado, Djalma Dias (Joel Camargo) e Rildo; Clodoaldo, Lima, Manoel Maria e Edu; Pelé (Jair Bala) e Abel.

Vasco da Gama

Andrada; Fidélis, Moacir, Fernando e Eberval; Bougleaux, Renê, Acelino (Raimundinho) e Adílson; Benetti e Danilo Menezes .



Justiça do Trabalho: Atlético/PR terá que pagar R$ 600 mil ao jogador Netinho

Edmo Sinedino,
netinho8_09
O ala/meia Netinho (foto), do América, vai receber uma bolada de R$ 600 mil do Atlético/PR.
 Uma grana que dá para ficar um bom tempo de papo para o ar.

Veja a matéria pulbicada no lancepress, reproduzida no Extra:

O Atlético-PR terá de pagar indenizações para dois ex-jogadores do clube. O meia Netinho, que atualmente defende o América-RN, e o lateral-esquerdo Márcio Azevedo, que recentemente deixou o Botafogo rumo ao Metalist Kharkiv (UCR).

O meia deve receber aproximadamente R$600 mil, referentes à diferença de férias, salários atrasados, 13º e luvas. As mesmas reivindicações darão direito a cerca de R$500 mil para o lateral.

O advogado de ambos, Dyego Tavares, afirma que tentou acertar um acordo com o clube, mas o Furacão não se pronunciou em nenhum momento, fazendo com que os jogadores seguissem com a ação movida na justiça.

- Durante todo o momento do processo tentamos chegar a um acordo com o clube, mas o Atlético-PR não se manifestou e não fez nenhuma proposta. Em razão disto, continuamos levando o processo, e agora os jogadores terão que ser indenizados. Mas, independente das decisões judiciais, os dois jogadores tem um carinho muito grande pelo clube. Foi no Atlético-PR que eles construíram uma parte da carreira deles - disse o advogado.

O atacante Rafael Moura, também defendido por Tavares, está com uma ação trabalhista com as mesmas reivindicações dos outros jogadores. Além destas, ele também cobra danos morais por ter sido chamado de ''laranja podre'' por um dirigente do clube e por ter treinado em separado.

- Esta também é uma situação bastante delicada. O Rafael Moura passou por um constrangimento enorme, o que nenhum jogador espera que aconteça na carreira. Estamos reivindicando apenas o que é de direito dele - afirmou.


9301-9320 de 9390