ABC bem que tentou, mas com um a menos no segundo tempo não pode reverter o placar

Edmo Sinedino,

Difícil imaginar que o ABC fosse mudar da água para o vinho somente por conta da estreia do treinador Roberto Fernandes. o time do povo perdeu de 1 a 0 para o Sampaio Corrêa, neste sábado, no Castelão, em São Luís, a sexta partida consecutiva, mas não foi tão ruim. 

A sequência, evidente, é péssima. Com o resultado, o alvinegro permanece na última colocação e o Sampaio vai a terceiro. O treinador Roberto Fernandes, apesar do revés, elogiou seu grupo.

No primeiro tempo, o Sampaio melhor. o ABC peca na transição de meio-campo e ataque, falha na recomposição, ainda deixa claros, e fica nítido a necessidade de algumas peças para qualificar o elenco. O gol saiu no primeiro tempo e a equipe não apresentou poder de reação.

No segundo tempo, com a entrada de Anderson no lugar de Valdemir, a coisa mudou de figura. Parecia que a coisa andaria, mas aí, aos 16 minutos, o meia Anderson Rosa foi expulso e ficou difícil uma reação. Mesmo assim o time potiguar pressionou, teve chances de empatar e até virar, foi quando ficou claro que o "bicho não é tão feio quanto pintam", acho que dá para surgir uma luz.

O próximo compromisso do ABC é contra o Globo, no Frasqueirão, e o Águia ainda joga na rodada, em casa, diante do Santa Cruz, nesta segunda-feira, às 20h, no Barrettão.

O treinador Roberto Fernandes, falando à imprensa, elogiou o grupo de jogadores, afirmou que eles são os menos culpados pela situação (o que concordo) e que não faltou luta e nem entrega. Mais ou menos por aí.


Tags: abc anderson expulso roberto fernandes sampaio
A+ A-