Colômbia vence a Argentina, mas não teve nada de "massacre"

Edmo Sinedino,

Minha missão nessa Copa América é discordar das manchetes. Não quero ser polêmico de maneira nenhuma, mas esse povo não vê o jogo, e quem vê não enxerga, não entende. O placar nem sempre diz o que foi o duelo. A Colômbia venceu a Argentina de Messi de 2 a 0. Falaram em "massacre".

No primeiro tempo, um joguinho chinfrin, a Argentina bem renovada, Di maria e Aguero fracos, como sempre, e Messi, também como sempre, só para fazer tudo, não pode. Poucas chances criadas e devo dizer que os colombianos deveriam se envergonhar, pois o time deles é muito melhor para ter jogado tão pouco.

No segundo tempo, acreditem, tirando os gols e alguns momentos, a Colômbia deveria se envergonhar mais ainda. O time tem craques consagrados, Ospina, Mina, Cuadrado, James, Falcão Garcia. Os dois gols vieram do banco de reservas, Martinez e Zapata, depois, de novo um pito merecia os colombianos, só deu Argentina, portanto, onde diabos esses caras viram massacre?

Estão massacrando o jornalismo esportivo com tantas idiotices ditas, isso sim. Digo mais e vou fazer igual a Pelé: essa Colômbia poderia ser sempre candidata aos títulos sulamericanos, mas o caras parecem que amarelam mais que os brasileiros.


Tags: aguero argentina cuadrado messi
A+ A-