Mais uma bela atuação, com título, sob o comando de Ranielle Ribeiro

Edmo Sinedino,

abcchamp1_09Não interfere no meu comentário sobre futebol, bola rolando, o caos administrativo que é o ABC, e que vem sendo nos últimos tempos.

O jogo, acreditem, apesar da chuva, e dos sinais de descuido com o gramado do Frasqueirão (já apresenta sinais de pouca resistência às chuvas) continua de alto nível.

Sim, sim, alto nível. Pouco me importa se alguns acham que esse time não é bom. O que os meninos do ABC vêm fazendo desde as rodadas finais da Série B passada é sim de encher os olhos.

O jogo contra o ASSU, neste sábado de muita, muita chuva, foi mais um teste em que o time de Ranielle Ribeiro foi aprovado com louvor.

O gramado ruim, encharcado , o jogo precisou ser paralisado, mas mesmo assim, não fosse o bom goleiro do Camaleão do Vale teríamos visto, também, uma chuva de gols.

Me encolho, sem exagero, a cada gol, jogada, passe, participação do Fessin. Vejo a hora, a partir de agora, a notícia de que ele vai embora.

Se esse time do ABC ficar até a disputa da Série C, com alguns reforços pontuais para essa competição, tenho esperança de que o time volte à Série B.

Mas, infelizmente, o horizonte do ABC está como os céus do RN, sujeito a muitas chuvas e trovoadas. No caso, para o Estado é ótimo.

Fessin foi o autor do gol da vitória, mas tivemos outras situações de gols, um lance de pênalti, acho que foi, gol perdido por Wallyson, de cabeça e as defesas do goleirão.

Mais uma bela apresentação. O título ficou com quem mereceu mais, e jogou mais.

O jogo no Frasqueirão, claro, atrapalhado pela chuva, não teve o público que se espera de uma partida em que o ABC tinha maiores chances de ser campeão.

Púlbico de 1.064 pagantes, mais 1091 sócios, total de 2.197 para uma renda de R$ 27.340.


Tags: abc assu chuvas fessin trovoadas
A+ A-