Dor de ouvido: conheça causas e prevenção

Gerlane Lima,
A dor de ouvido é um sintoma relativamente comum na emergência e pode ter diversas causas. A mais comum é a infecção aguda do canal auditivo (ouvido externo),nomeada pelos médicos como otite externa, como explica Dimas de Almeida, clínico geral do Hapvida Saúde.

“Uma das principais causas de otite externa é o uso excessivo e errado de cotonetes ou o habito de coçar o ouvido com materiais rígidos: chaves, palitos, unha’’, afirma.

Há também causas que não necessariamente são provenientes do ouvido em si, como inflamações nos dentes molares ou disfunção da articulação temporo-mandibular. “Em crianças,a dentição da infância pode causar inflamações com o nascimento dos dentes, mas também são comuns após banhos de imersão em piscinas, mar, lagoas’’, complementa Dimas de Almeida.

Para diminuir a dor, o médico ressalta que“o uso de analgésicos convencionais costuma ter um efeito satisfatório, porém a avaliação médica é imprescindível, pois essas medicações apenas tratam os sintomas e não a causa’’.

Ainda segundo o clínico geral, a complicação mais comum é o avanço da dor até o ouvido médio que pode causar perfuração do tímpano, porém,em casos graves,podem evoluir até uma forma de infecção óssea que necessite de internação hospitalar e, por vezes,intervenção cirúrgica.

No caso de prevenção, a recomendação é não fazer uso de medicações tópicas dentro do canal auditivo assim como não se deve tentar limpar com uso de cotonetes ou algodão. “Todo quadro de dor que dure mais de 24 horas é necessária a avaliação médica imediata’’, destaca o clínico geral.

Tags: Dimas de Almeida Dor de ouvido Hapvida Saúde prevenção
A+ A-