Guilherme Rodrigues, da Pitbull Brothers, morre após ser baleado em atentado

Artur Dantas,

guilherme_mMais um crime chocou o mundo do MMA potiguar. Guilherme Matos Rodrigues, atleta da Pitbull Brothers, foi vítima de atentado por volta das 23h30 desta terça-feira (11). Segundo informações, o lutador foi abordado por dois homens em uma moto, no bar Mania do Açaí, na avenida Ayrton Senna, e recebeu nove disparos de calibre 380 do garupa. Guilherme “Kioto”, como também era conhecido, faleceu ainda na madrugada, no hospital Walfredo Gurgel, após a cirurgia para remoção dos projéteis. O atleta era natural do Pará, formado em Educação Física e tinha 30 anos.

O caso é o segundo envolvendo atletas de MMA em apenas 48 horas. Na segunda-feira (10), Luiz de França (25), atleta da Kimura/Nova União na calçada da academia Alta Performance, em Cidade Satélite, depois de ser alvejado por vários tiros de pistola .40 suspostamente disparados por um tenente da Polícia Militar. O crime ainda está em investigação. Na ocasião, outro lutador, Júnior "Sustagem" também foi atingido por tiros na mas passa bem.

Em nota, a Federação de MMA do Rio Grande do Norte comentou as mortes dos lutadores:

A FEMMA-RN vem por meio dessa expressar nossa solidariedade e pesar para com as famílias de Luiz de França e de Guilherme Rodrigues, dois jovens que tinham uma vida de batalhas pela frente e foram levados ao reino de Deus tão prematuramente, nosso pesar se estende as equipes e amigos dos campeões, isso, campeões por que os dois deixaram seus legados de vitórias, amizades e companheirismo para com seus semelhantes. Que Deus receba os dois no céu e que eles continuem fazendo o que mais gostam lá, treinar e lutar pois em sua essência são dois lutadores. O MMA do RN está de luto por tempo indeterminado.

Guilherme Rodrigues tinha 28 lutas na carreira, sendo 19 vitórias e nove derrotas. O lutador, que tinha passagens por grandes evento como Shooto Brasil e Jungle Fight, venceu em sua última luta João Piccirillo por decisão unânime no Jungle Fight 62, no dia 7 de dezembro do ano passado.

De acordo com um dos treinadores da Pitbull Brothers, José Mário Novaes, Guilherme treinou jiu-jitsu na academia às 22h30, foi para casa tomar banho e depois se dirigiu ao Mania do Açaí, onde foi interceptado por um homem encapuzado que desferiu vários disparos.

Ainda segundo Novaes, não se sabe a motivação do crime, visto que o lutador tinha um bom relacionamento com as academias de Natal.

Tags: Guilherme Kioto Guilherme Rodrigues morte tiros
A+ A-