Carnaval de Caicó: movimento nas ruas supera expectativas

Considerado um dos maiores carnavais do Nordeste, a festa, na opinião de muitos, tem como principais atrativos a segurança, a alegria e a hospitalidade.

Marcos Dantas, de Caicó,
Marco Dantas
O Carnaval de Caicó chega ao seu quarto dia. A movimentação nas ruas, de acordo com seus organizadores, supera todas as expectativas. A começar da previsão feita pela polícia militar de que por dia circulam aproximadamente 90 mil pessoas pelas ruas de Caicó. O cálculo defendido pelo coronel Antônio Cipriano de Almeida, comandante do BPM de Caicó, é feito com base na saída do Bloco do Magão, do Treme-treme e no Complexo Turístico Ilha de Santana.

Considerado o terceiro maior carnaval do Nordeste, a festa de Caicó, na opinião de alguns foliões ouvidos pela nossa reportagem, tem como principais atrativos a segurança, a alegria e a hospitalidade.

A bancária Karina de Souza, de 24 anos de idade mora em Aracaju (SE) disse que tomou conhecimento do carnaval de Caicó através de pesquisas na internet. Ela está em Caicó com um grupo de amigas numa residência alugada para a temporada. É a primeira vez que participa do carnaval na região.

É o mesmo exemplo da enfermeira Geórgia Siqueira, de 26 anos de idade, moradora de São José do Egito, em Pernambuco. Foi incentivada por uma amiga que veio no ano passado para o carnaval, e não quis conversa e se preparou com antecedência para participar do carnaval em Caicó.

A festa em Caicó começa cedo não dando tempo para que o folião recupere suas energias gastadas nos shows noturnos na Ilha de Santana. A ordem é se divertir até a quarta-feira de cinzas. Os clubes particulares de Caicó e região do Seridó se movimentam a partir do meio-dia deste sábado.

O Iate Clube, situada às margens da BR-427 este ano investiu em grandes atrações como Arrêio de Ouro, Garota Safada Elétrico, Capim Cubano, Detona, Muído Folia, Plays Elétrico, Bafafá de Salvador, Pegado Elétrico, Cavaleiros Elétrico e Saculejo passarão pelo clube de hoje até a terça-feira de carnaval.

Já o CAP em Jardim de Piranhas promove seu carnaval da tarde com Pimenta Nativa e Serginho, Max e Banda Estelar; Saia Rodada Elétrica, Marquinho Carrera e Banda Sakulejo; Banda Inala, Detona, Prabalá e Baby Mel Elétrico. Enquanto que o Mangueiral em Jardim do Seridó traz Marquinhos Carreira, Banda Sakulejo, Daniel Show, Canindé Moreno/Banda Som Real, Detona e Lane Cardoso para sua temporada.

Nas ruas da cidade a festa é comandada pelos blocos Ala Ursa do Poço de Santana e o Treme-treme, com estilos variados. Enquanto o Ala Ursa, criado pelo artista plástico Ronaldo Batista de Sales (o Magão), enfoca mais o resgate dos antigos carnavais com prioridade para o frevo e as marchinhas, o Treme-treme em seu segundo ano nasceu da idéia de oferecer mais uma opção de participação popular, e seus organizadores apostaram na participação de dois trio-elétricos com DJs e bandas da cidade animando os foliões com músicas de axé.

E partindo do princípio de que no carnaval de Caicó tem espaço para todos, as troças do Caldo e do Ferreirinha também fazem suas festas. "A grande marca do Carnaval de Caicó é a espontaneidade. É um carnaval de rua e do povo. Quem gosta de cultura se sente em casa", destacou José Rangel, da Troça do Caldo. Já para Clóvis Pereira o clima de harmonia entre as troças é o diferencial. “Não sei se todo mundo que faz carnaval tem planejamento, mas as Troças têm! Com isso conseguimos ser auto-sustentáveis", destacou Pituleira, já anunciando o Forró das Troças para o mês de junho.

O carnaval diário é encerrado na Ilha de Santana que neste ano ampliou sua estrutura de palco, camarotes, banheiros químicos, telões e praça de alimentação. Desde a quarta (10) já passaram pelo palco atrações como Capilé, Marquinhos Carrera e Banda Saculejo, Ferro na Boneca Elétrico, Max e Estrelar, Canindé Moreno e Inala. Já a partir deste sábado até a terça (16) as atrações serão Cavalo de Pau Elétrico, Banda Ala Ursa (João Pessoa/PB), Cavaleiros Elétrico, Prabalá, Pegação Elétrico e Pawlêra do Brasil. Os shows na Ilha começam sempre às 23 horas.

Segurança

Apesar do grande número de foliões em Caicó, na opinião do comandante da Polícia Militar da Região, Coronel Antônio Cipriano a Segurança não vem sendo encarada como um problema. Seu efetivo consta de 190 homens por dia, divididos entre Patrulha de trânsito, Grupo Tático de Combate, Cavalaria e policiamento ostensivo a pé. O trabalho vem sendo feito em parceria com a Policia Militar, Civil e Corpo de Bombeiros. Até uma delegacia de polícia com registro de queixas e prisões foi montada na Ilha de Santana.

No seu quarto dia poucas ocorrências foram registradas na delegacia municipal. Na quinta-feira, dia 11 policiais civis cumpriram um mandado de busca e apreensão e encontraram 16 pedrinhas de crack no interior de uma residência na Rua Venceslau Braz no bairro Boa Passagem, em Caicó. Na oportunidade foram presos Wesley Jorge de Araújo e Genival Inácio da Silva, o Bibi, que para a polícia tratam-se dos donos da droga, que aproveitariam o carnaval para vendê-la.
A+ A-