Governo antecipa pagamento do décimo terceiro para o dia 10

A liberação antecipada dos recursos vai injetar R$ 161,4 milhões na economia do Estado.

Redação,
A governadora Wilma de Faria anunciou para o próximo dia 10 de dezembro a antecipação da segunda parcela do décimo terceiro salário. A medida beneficia todos os 110 mil servidores públicos estaduais. A liberação antecipada dos recursos vai injetar R$ 161,4 milhões na economia do Estado. Esta é a primeira vez que os recursos serão liberados nos primeiros dias de dezembro. A primeira parcela, já havia sido paga em junho.

Além dos R$ 161,4 milhões referentes à segunda parcela do décimo terceiro salário, o Governo do Estado estará pagando a folha de pessoal do mês de dezembro nos dias 29 e 30 do mesmo mês, injetando outros R$ 230 milhões somando investimentos de quase R$ 400 milhões apenas no último mês do ano.

A antecipação é válida para todos os servidores públicos estaduais, incluindo os da administração direta, indireta, Tribunal de Justiça, Tribunal de Contas, Assembléia Legislativa e Ministério Público. “Esta é uma medida de grande dimensão que mostra a sensibilidade de nosso governo em incrementar a economia do Estado num momento de crise", declarou a governadora Wilma de Faria. "É uma medida que beneficia servidores, aposentados, pensionistas e também os trabalhadores do comércio que, com essa injeção recorde de recursos, certamente não terá de fazer demissões".

Dos R$ 161,46 milhões a serem liberados, R$ 122,7 milhões serão pagos aos servidores do Poder Executivo, entre servidores da administração direta, indireta, aposentados e pensionistas. Os funcionários do Tribunal de Justiça receberão R$ 14,37 milhões, do Tribunal de Contas, R$ 1,29 milhão, da Assembléia Legislativa R$ 4,8 milhões e da Procuradoria Geral de Justiça R$ 18,3 milhões. Este é o maior volume de recursos já pago pelo Governo do Estado referente à segunda parcela do décimo terceiro.

"“Estamos injetando um volume recorde de recursos na economia do Estado com a liberação de 60% do décimo terceiro. Esta é uma medida de combate à crise e que vai contribuir para a manutenção dos empregos no comércio”, destacou a governadora, lembrando que 40% do dinheiro já havia sido liberado no dia 20 de junho".

A liberação antecipada está sendo comemorada pelos representantes dos setores empresariais do Estado. “O pagamento antecipado veio em momento oportuno para o setor comercial que, mesmo com toda esta crise econômica internacional, espera um incremento nas vendas e na geração de empregos. A decisão da governadora só vem a reforçar a nossa expectativa de um final de ano favorável para a nossa economia”, afirma o presidente da Federação do Comércio (Fecomercio), Marcelo Queiroz.

O mesmo otimismo é compartilhado pelo presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (Fiern), Flávio Azevedo. “Recebemos a notícia da antecipação com bastante entusiasmo, uma vez que ela tem um efeito não apenas financeiro mas psicológico muito positvo”, avalia Azevedo.

Entre os servidores públicos, a liberação do décimo terceiro antes do prazo previsto também é motivo de comemoração. “Vou investir em material de trabalho para fazer um extra financeiro nas horas vagas e reforçar o meu orçamento”, comenta o funcionário público e calígrafo Júlio César Pinheiro.
A+ A-