Moradia Cidadã Servidor: professora é a primeira a financiar casa própria

Lançado há um mês, o programa já registrou 1.080 cadastros de demanda de interesse.

Da redação, Governo do Estado,
Assecom/RN

Em menos de 30 dias de inscrição do programa Moradia Cidadã Servidor, o Governo do Estado, por meio da Companhia Estadual de Habitação e Desenvolvimento Urbano (Cehab), já registra seu primeiro contrato assinado de imóvel com desconto exclusivo oferecido pelo Governo do RN.

Aos 26 anos de idade, servidora pública Maria Fabíola Lays Alves Cunha realizou seu grande sonho, ao adquirir uma casa no Bosque dos Pássaros II, no bairro Alto de Sumaré, em Mossoró. O empreendimento faz parte do programa Minha Casa Minha Vida, faixa 2.

Para ela, que é lotada na Secretaria de Estado da Educação e da Cultura (SEEC), como professora de ensino médio na Escola Estadual Governador Dix-Sept Rosado, o Moradia Cidadã Servidor veio em boa hora. “Sou grata ao governador pela oportunidade que ele me deu para conseguir minha casa própria, nesses tempos de instabilidade econômica. Moro com minha mãe, há 20 anos estávamos em uma casa alugada, mas agora temos a nossa. Também agradeço muito à equipe da CEHAB, que foi prestativa, atenciosa e ágil. Ainda elogio o trabalho da construtora e da Caixa Econômica. Fomos super bem tratadas. A casa é excelente e o local é bem tranquilo”, destacou Fabíola.

Vanguarda

Lançado há um mês, o programa Moradia Cidadã Servidor já pode ser considerado bem sucedido, pois, até o momento, a CEHAB já registrou 1.080 cadastros de demanda de interesse no endereço eletrônico cehabcidadao.rn.gov.br.

No site de inscrição do programa, as estatísticas também impressionam: foram mais de 237 mil páginas visualizadas por mais de 32 mil servidores estaduais - gerando atendimento a 2.281 pessoas, através do Chat Online, e 1.941 atendimentos por e-mail.

Ainda no site, o servidor conta com pelo menos 360 imóveis a preços diferenciados em Natal, Mossoró, Macaíba, Ceará Mirim, Extremoz, Parnamirim e São Gonçalo do Amarante. Os empreendimentos são ofertados por 36 construtoras conveniadas ao Sinduscon RN, Sinduscon Natal e da Associação dos Empresários e Profissionais da Construção Civil (Aepcon/RN). O programa tem como agentes financeiros a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil.

De acordo com o presidente da CEHAB, João Ronaldo, há uma perspectiva de entrada de novos imóveis no programa, com a inclusão do Sindicato do setor Imobiliário do RN (Secovi) e Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci/RN) como parceiros da Companhia. “A intenção do Governo do Estado, através da CEHAB, é de tornar o site ainda mais dinâmico, com um número crescente de ofertas e vantagens para o servidor. Queremos chegar até o final deste semestre com pelo menos 3 mil imóveis cadastrados. A intenção do Governo do RN é de valorizar o servidor, sobretudo erradicar o déficit habitacional”, disse.

Selo

O programa Moradia Cidadã é prioridade da atual gestão no enfrentamento ao déficit habitacional no RN, que hoje é de cerca de 120 mil moradias. São duas vertentes: Moradia Cidadã Servidor e Moradia Cidadã Municípios. Na primeira, como o nome já sugere, o objetivo é viabilizar o sonho da casa própria para servidores públicos estaduais (ativos, aposentados e pensionistas), com preços diferenciados.

Para participar, o servidor se inscreve para os empreendimentos cadastrados, submetendo-se à aprovação das condições de financiamento, através dos agentes financeiros parceiros (Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil). Serão casas ou apartamentos, novos ou usados.

A CEHAB seleciona os empreendimentos, em conjunto com as empresas construtoras e agentes financeiros. Todos os imóveis serão disponibilizados para os servidores no site do governo (www.rn.gov.br), para sua inscrição e posterior assinatura de contratos e financiamentos, após aprovação.

Na segunda modalidade, o Governo do RN empreende esforços para minimizar o déficit habitacional, com a retomada de obras paralisadas nos programas Minha Casa Minha Vida (MCMV I e II) e Programa de Subsídio à Habitação de Interesse Social (PSH). O programa também viabiliza o avanço da regularização fundiária em várias regiões, além da construção de novas moradias de interesse social. “Queremos expandir o modelo apresentado em Caicó, onde são casas de boa qualidade com preços especiais, podendo chegar a um desconto de quase a metade do valor do imóvel”, obsevou João Ronaldo.

Desde o início desta gestão, o Estado já viabilizou a entrega de 5.604 unidades habitacionais. A meta será entregar 40 mil moradias até o fim do mandato.

Tags: Governo do Estado Mina Casa, Minha Vida Moradia Cidadã Moradia Cidadã Servidor
A+ A-