Potiguar mordido por tubarão no Grande Recife apresenta melhora no quadro clínico

Pablo Diego teve sedação retirada nesta quarta-feira e amanhã passará por reavaliação.

Da redação,

O potiguar mordido por um tubarão em uma praia no Grande Recife, no domingo (15), teve a sedação totalmente suspensa nesta quarta-feira (18), segundo informações do Hospital da Restauração, unidade de saúde em que ele está internado.

Pablo Diego foi atacado quando se banhava na praia, na altura da Igrejinha de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes. Ele teve a perna direita amputada, além de ferimentos nos dois braços.

A previsão é de que amanhã (19), o potiguar passe por uma reavaliação com um exame de doppler, um tipo de ultrassonografia, para verificar se o enxerto da mão direita teve sucesso.

Na manhã da segunda (16), os médicos haviam afirmado que o estado de Pablo era gravíssimo e que havia risco de morte. 

Ontem, (17), o membro amputado foi periciado no Instituto de Medicina Legal (IML), com a ajuda colaborativa de pesquisadores da Universidade Federal Rural de Pernambuco e o prazo médio para a elaboração do laudo é de 10 dias.

Tags: ataque de tubarão Grande Recife Jaboatão dos Guararapes Pablo Diego perna direita amputada
A+ A-