Malandros do Samba conquista seu 32º título no carnaval de Natal

Após impasse na apuração, Balanço do Morro é rebaixada para o grupo B. Segundo lugar fica com a Unidos do Gramoré.

Alexis Peixoto e Karla Larissa,
Vlademir Alexandre
Torcida comemora o 32º título no carnaval de Natal
Com nota 109,1 a escola de samba campeã pelo grupo A, no Carnaval 2008, de Natal foi a Malandros do Samba, do bairro das Rocas. Este é o 32º  título da agremiação, que este ano desfilou com enredo em homenagem aos 50 anos de sua história.

"Estamos todos muito felizes e realizados com o resultado", declarou o presidente da Malandros do Samba, o carnavalesco Kerginaldo Alves. Para comemorar o título, os membros da agremiação seguem em cortejo da Capitania das Artes até a Praça Padre João Maria, no bairro de Cidade Alta, onde a festa deve prosseguir.

Entre o segundo e terceiro lugar da premiação, houve um impasse, que acabou em reviravolta. Após a primeira votação da comissão julgadora, o segundo lugar ficou com a Balanço do Morro, com nota 108,4 e o terceiro, com a  Unidos do Gramoré com 107,7.

A presidência da Unidos do Gramoré, porém, exigiu recontagem dos pontos sob alegação de que a Balanço do Morro havia desfilado sem comissão de frente e com um carro alegórico a menos, tendo que ser penalizada nas categorias correspondentes.

"O carro estava na avenida, mas quebrou pouco antes do desfile e não pôde ser utilizado. A comissão de frente foi representada por uma tribo indígena que fez um excelente trabalho", argumentou Lenildo Ribeiro, diretor da Balanço.

Apesar dos argumentos, a comissão julgadora da Capitania das Artes e a a Liga Independente das Escolas de Samba de Natal decidiram a favor da Unidos do Gramoré, que foi elevada ao vice-campeonato da disputa.

"Nosso desejo era o de ser campeão, mas ficamos felizes com em ser vice. Esse título tem um significado ainda maior para nós, uma vez que não desfilamos no ano passado", afirmou o presidente da escola,  Laércio Cunha.

Com o novo resultado, a Balanço do Morro teve sua pontuação reduzida para 89,1, e sua classifação transferida para a sétima posição, o que fez com que a escola fosse rebaixada para o grupo B. O diretor Lenildo Ribeiro declarou que vai recorrer na Justiça para anular o resultado e impedir o desfile das escolas campeãs no próximo sábado (9).

"Somos vice-campeões de juízo e de direito", afirmou com convicção.

Em terceiro lugar ficou a escola Acadêmicos do Morro, com nota 106,2.

Grupo B
Além da Balanço do Morro, foi rebaixada para o grupo B a agremiação Grande Rio do Norte, com nota 103,6.

Foram classificadas para o primeiro grupo A as escolas Em Cima da Hora, com nota 109 e Berimbau do Samba, com nota 100,6.
A+ A-