Riachuelo é acusada de plágio

Rede de lojas tem copiado ilustrações da internet sem permissão de seus autores.

Isabela Santos,
A rede de lojas Riachuelo está sendo alvo de uma série de acusações de plágio. Na semana passada, o blog maru.art.br denunciou que uma ilustração da artista Marlene Freimanis havia sido reproduzida em um dos modelos da empresa.

Em contato com a autora da ilustração, a blogueira informou o que estava acontecendo. Na resposta, apesar de agradecer, Marlene Freimanis disse que era difícil lutar por direitos autorais quando a questão é internacional. “Seria ótimo se eu pudesse ser recompensada”, escreveu.

Foto: Reprodução e Vanessa Sampaio


No início do ano, a Riachuelo lançou uma peça com a ilustração desenhada pela atriz e modelo Dita von Teese para a H&M, na campanha Fashion Against Aids. Como se não bastasse, a assinatura da artista foi substituída pela palavra “Love”. O fato foi destacado no blog de Júlia Petit.

O problema é persistente. O cartum do desenhista Walmir Orlandeli, premiado em 2005 no Salão de Paraguaçu Paulista, foi usado em camiseta também sem autorização do autor.



No dia 12 de abril, o desenhista entrou com um processo por danos morais e materias contra a Confecções Guararapes, que controla a rede. A indenização mínima pedida foi R$ 17. E antes de entrar com a ação disse ter comprado camisetas em lojas em Manaus, Recife, Brasília, Rio de Janeiro, Campo Grande, São Paulo e São José do Rio Preto.

Cada camiseta custa R$ 19,90. Quem passar pelo mesmo problema, deve quantificar onde a camiseta é vendida para fixar o valor da indenização, somado à quantia por danos morais, prevista em 200 salários mínimos.
A+ A-