Brasil Mostra Brasil espera receber 90 mil visitantes

Feira é realizada até o dia 17 de agosto, no Centro de Convenções de Natal, das 16 às 23 horas.

Ellen Paes,
Ellen Paes
A feira se tornou uma vitrine também para a cultura local.
A feira Brasil Mostra Brasil está sendo realizada no Centro de Convenções de Natal das 16 às 23 horas desde o último dia 8, e vai até o próximo dia 17 de agosto.

O evento espera atrair cerca de 90 mil visitantes nesta 14ª edição. No ano passado, a feira recebeu cerca de 82 mil pessoas.

No que depender do público, a marca pode até ser superada, já que em plena segunda-feira (11), o movimento era grande no evento.

O único problema que preocupa o diretor comercial Eduardo Iglesias é a estrutura, que já não está suportando a quantidade de pessoas.

“Não há mais estacionamento suficiente para todos os visitantes e não há outro espaço como este aqui no estado”, reclama.

O crescimento da feira é visível. De acordo com Iglesias, na primeira edição, em 1995, o evento tinha apenas 1860 metros quadrados de área montada. Este ano a área já atinge mais de sete mil metros quadrados.

Para o diretor comercial, o evento se transformou em uma vitrine para as empresas e cultura locais, que no início tinham pouca participação.

“Além disso, também é uma oportunidade de o consumidor ter acesso a produtos novos de outros lugares”, ressalta ele, acrescentando que nesta edição, a feira conta com a participação de empresas de 21 estados.

Outro destaque da feira está no salão internacional de artesanato, que tem mais de 500 metros quadrados e reúne o melhor da cultura de 21 países: Turquia, Índia, Peru, Emirados Árabes, Caxemira, Tunísia, Nigéria, Indonésia, Quênia, Palestina, Uganda, Zimbábue, Tanzânia, Egito, Paquistão, Tailândia, México, China, Síria e Líbano.

Social

Algumas instituições sociais estão aproveitando a repercussão do evento para conseguir ajuda. É o caso da Patamada.

Durante o evento, além de poder contribuir com os bichinhos que vivem no abrigo, doando ração para gatos, arroz especial para cães (como viviam nas ruas, eles não gostam de ração), remédios veterinários, comedouros, caixas de transporte ou qualquer outro produto de uso animal, os visitantes também poderão escolher um animalzinho para adotar.

No entanto, os interessados terão que atender a alguns critérios antes de levar um gato ou cachorro para casa.
A+ A-