Carrefour pretende instalar unidade em Mossoró

Informações extra-oficiais anunciam a compra do terreno por R$ 6 milhões. Entidades afirmam que grupo ainda não confirmou instalação.

Marília Rocha,
Fotos: Divulgação
MOSSORÓ – O Grupo Carrefour deve instalar uma nova unidade de supermercados no Rio Grande do Norte, na segunda maior cidade do Estado, Mossoró. Apesar da empresa ainda não ter procurado oficialmente a Prefeitura e as entidades do comércio, o secretário de Desenvolvimento de Mossoró, Nilson Brasil e o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Mossoró, Alexandrino Lima confirmaram a especulação.

“A Prefeitura de Mossoró ainda não recebeu nenhum pedido oficial a respeito da instalação do Carrefour, nem houve procura dos diretores da empresa sobre informações da cidade e mercado consumidor, mas sabemos que existe esse comentário na cidade”, destaca o secretário de Desenvolvimento Econômico, Nilson Brasil.

Sobre a informação da instalação de uma rede de postos de combustível junto ao supermercado, Nilson Brasil, disse ainda não ter informações.

A reportagem do Nominuto.com procurou a Câmara de Dirigentes Lojistas de Mossoró, para obter mais informações. “Na realidade, não temos nenhuma informação oficial da presença do Carrefour em Mossoró. Sabemos que eles estão sondando, inclusive a compra de um terreno próximo ao shopping e a Unp”, conta o presidente da CDL Alexandrino Lima.

As especulações dos mossoroenses dizem que a negociação para a compra do terreno está cotada em R$ 6 milhões, com aquisição de um terreno que seria para o supermercado e para o posto de combustível.



Alexandrino contou ainda que a Associação Comercial e Industrial de Mossoró e o Sindicato do Comércio Varejista também não foram procurados pelos diretores do Carrefour.

Supermercados
Mossoró tem hoje uma rede de supermercados equivalente a capital do Estado, sendo constituído pelo grupo Bompreço, Atacadão e pequenos grupos oesteanos e redes de supermercados em todos os bairros. “Temos hoje funcionando os grandes supermercados funcionando e com bons resultados para a economia do Estado. Tudo porque a cidade teve um grande desenvolvimento e hoje tem um mercado consumidor exigente em relação à qualidade dos produtos e diversidade das marcas”, destaca.

O segmento de supermercados no Rio Grande do Norte é destaque nacional pela formação de redes e crescimento de 8% - acima da média nacional, que está avaliada em 5% no Brasil. Segundo dados do diretor da Associação de Supermercados do Rio Grande do Norte (Assurn), Valdir Faria, o setor tem hoje 1.300 estabelecimentos entre supermercados, mercadinhos e redes. "Os supermercados do Rio Grande do Norte representam 28% dos supermercados nacionais e estão presentes em todos os bairros de Natal e estendidos aos municípios do Estado", destaca.

Valdir comentou a superioridade dos supermercados locais com relação às redes internacionais e creditou o fato ao bom relacionamento com os clientes. "O relacionamento dos supermercados locais com a valorização dos nordestinos e direcionando a cultura aos produtos fazem a concorrência ser diminuída", conta Valdir.
A+ A-