Novo contingenciamento deve ficar em até R$ 3 bi e não afetará ministérios

Governo tira de reserva para evitar novo corte em pastas.

Da redação, Estadão Conteúdo,

O bloqueio adicional de recursos orçamentários que o governo anuncia em relatório a ser publicado na quarta-feira (22) ficará entre R$ 2 bilhões e R$ 3 bilhões, informou nesta terça (21) um integrante da equipe econômica.

Segundo o governo, na verdade não haverá nenhum corte adicional: esse valor bloqueado viria de uma reserva orçamentária de R$ 5 bilhões criada no contingenciamento anterior, de 22 de março.

A opção do governo foi por praticamente zerar a reserva orçamentária depois da reação negativa causada na sociedade com o contingenciamento anterior, sobretudo na Educação. De acordo com o integrante do Ministério da Economia, a aposta do governo é que a economia melhore ou mostre sinais de recuperação até o próximo relatório bimestral, que será em julho.

Os bloqueios adicionais, portanto, não atingirão áreas específicas, como o anterior –evitando, assim, novos protestos na semana em que aliados do governo tentam arregimentar apoio a um ato em defesa de Bolsonaro e contra o Congresso.

Tags: bloqueio recursos orçamentários
A+ A-