ABC conquista 1º turno do Campeonato Potiguar 2012

No jogo da "volta" da fase final, no Frasqueirão, o clube alvinegro venceu o América por 1 a zero.

Rogério Torquato,
O ABC é o campeão do primeiro turno do Campeonato Potiguar 2012. O clube alvinegro recebeu e venceu o América no jogo de "volta" da fase final do turno, em pleno Frasqueirão, pela contagem mínima - 1 a zero. Como o time da casa já estava com vantagem - por ter vencido o América também por 1 a zero no jogo de "ida" em Goianinha - o "Mais Querido" fica com a Taça Cidade do Natal.

 

O time da casa, nos minutos iniciais do primeiro tempo, preferiu não se retrancar - e saiu para o jogo especialmente pelo eixo Jerson-Berg, com Adriano Pardal (que substituiu no último instante Leo Gamalho) livre para um "Plano B"; o América, de sua parte, optou por jogar pelas laterais, alternando avanços com Wanderley (que entrou "de surpresa") e Soares.

 

O primeiro lance de real perigo partiu do ABC: aos 4 minutos, Bileu passou a bola a Raul que, pela esquerda, ganhou de Ricardo Baiano e avançou a Pardal bola foi defendida pelo goleiro Fabiano que saiu nos pés do atacantes abcdista. O América "devolveu" aos 11 minutos: Wanderson cobrou falta pela direita, e a bola passou rente ao gol, assustando o goleiro do ABC. Falando em bolas rente ao gol, o América, como no jogo de "ida" em Goianinha, passou a ter algum domínio mas voltou a apresentar deficiências nas finalizações e pecou ao mudar o jeito de jogar, tentando entrar pelo meio da defesa do ABC, congestionada.

 

Não demorou muito, o ABC passou a, aos poucos, esperar os avanços do América para partir ao contra-ataque e tentar o gol, estratégia que passou a dar certo e fazer a defesa rubra passar sustos. Funcionou: aos 26 minutos, Berg iniciou contra-ataque rápido, e de pé em pé a bola passou por Raul e Jerson até chegar a a Adriano Pardal, que da esquerda cruzou rasteiro para Washington completar na entrada do gol - precisamente no "segundo pau". Bola no fundo das redes. ABC, 1 a zero.

 

O time da casa teve chance de ampliar aos 32 minutos, com Jerson ganhando de um marcador, girando o corpo e chutando na área - mas o goleiro defendeu. O último lance de perigo do primeiro tempo foi aos 47 minutos, com Jairo cobrando falta "do meio da rua" para o América, e o goleiro Camilo, de novo grande figura no jogo, fez a defesa sem problema.

 

Ao final do primeiro tempo, o atacante Soares foi reclamar com o árbitro Suelson Diógenes, sendo impedido e agredido pelo policiamento, dando azo para que os jogadores do América fossem tirar satisfação e partissem para cima da arbitragem, sem sucesso. Um tumulto sem necessidade, que acabou tirando ainda mais a tranquilidade dos jogadores rubros.

 

O América voltou no segundo tempo disposto a reverter o placar adverso. Logo no primeiro minuto, Jairo recebeu na entrada da área e tentou colocado - o goleiro defendeu. O ABC trocou Jerson por L. Ricardo e recuou mais ainda, enquanto o América pôs Isac em campo a fim de se aproximar o mais possível da área alvinegra - apesar dos rubros partirem de vez ao ataque, o time seguiu sem finalizações efetivas. E o placar não saiu do canto.

 

Final, ABC 1 a zero e campeão do primeiro turno.

 

 

ABC 1 x 0 América

 

ABC

Camilo, Flávio Boaventura, Eduardo, Alisson; Edson, Bileu, Jerson (L. Ricardo), Raul (Jardson Sapé), Berg; Washington (Felipe Alves), Adriano Pardalzinho

Técnico: Leandro Campos

 

América

Fabiano, Valber (Norberto), Edson Rocha, Cleber, Wanderson; Ricardo Baiano (André Beleza), Fabinho, Jairo, Jr. Xuxa; Wanderley, Soares (Isac)

Técnico: Flávio Araújo

 

Árbitro: Suelson Diógenes

Local: Maria Lamas Farache (Natal)

Renda e público: R$ 245 563,00 (12 435 pagantes; 1 380 não-pagantes)

Cartões amarelos: F. Boaventura, A. Pardalzinho, Washington, Bileu, Camilo (ABC); Wanderley, Ric. Baiano, Jr. Xuxa, Fabinho (AME)

Gol: Washington (ABC)

 

A+ A-