Alecrim empata e está na Série C

Maurício Pantera marcou para o Alecrim e ajudou o esmeraldino a carimbar a vaga para o Campeonato Brasileiro de 2010.

Artur Dantas,
Fotos: Vlademir Alexandre
Empate garantiu a classificação do alviverde.
É Alecrim na série C em 2010. O time Periquito conquistou na noite deste domingo (27), uma vaga para disputar o Campeonato Brasileiro de 2010. No jogo diante do Uberaba, o clube comandado pelo técnico Francisco de Assis "Diá" empatou por 1 a 1 com gols de Maurício Pantera e Danilo. O resultado fechou com chave de ouro a participação na série D.

O gol veio aos 42 minutos do segundo tempo. Com uma boa jogada e o cruzamento de Marciano, o camisa nove não teve dúvidas e caiu de cabeça para render o goleiro do clube visitante. O Machadão veio abaixo com a vibração dos torcedores do Alecrim, América e ABC que acompanharam o jogo desde o início.Aos 47, foi a vez de Danilo marcar para o Uberaba. No entanto, já era tarde.

O jogo começo tenso dos dois lados, em ritmo de classificação. Logo no primeiro minuto de partida, Eduardo Ígor foi derrubado por Fabiano e foi tirar satisfação. O árbitro Antônio Hora Filho chegou para apasziguar a situação entre os dois atletas.

O jogo teve momentos de franco ataque entre as duas equipes. Torona, Maurício Pantera e Chapinha conseguiam arquitetar boas jogadas pelo lado do clube potiguar. Do lado do Uberaba, Rafael Ipuã e o capitão Balduíno deram trabalho à zaga do time Periquito.

Aos 27 do primeiro tempo, Torona, em velocidade, passa por três jogadores, tocou com Chapinha que bateu forte, mas longe do gol. Pantera reclama muito, dizendo que tinha condição de abrir o placar.

Aos 31, Torona perde o que seria o primeiro gol do Alecrim na partida. Pantera trabalhou a bola, clareou e tocou para o jogador que bateu por cima do gol de Gleisson.

Na etapa complementar, o tempo fechou. Muita chuva no Machadão e o campo pesado dificultaram algumas jogadas. Contudo, os lances continuaram a sair de ambos os lados, em especial para o Alecrim, que seguiu desperdiçando as oportunidades.

Aos 33 minutos, Fernandes faz o inacreditável. De frente para o gol, o jogador bate forte e a bola desvia na trave. Até o momento, a chance mais clara de gol da partida.



Aos 42 minutos, Maurício Pantera, um dos nomes de destaque do Alecrim na série D, abre o placar. Aproveitando o cruzamento de Marciano, o camisa nove completou de cabeça para o fundo do gol do Uberaba. Um a zero para o clube de Natal.

Com o anúncio de quatro minutos além do tempo regulamentar, o coração dos alcrinenses ficou pequeno. Aos 47, Danilo empata a partida. No entanto, não havia mais tempo nem para comemorar. O árbitro Antônio Hora Filho levantou o braço e indicou o final de jogo. 1 a 1 e o Alecrim confirmado à série C do Campeonato Brasileiro de 2010.

Com o resultado, o time parte agora para tentar a classificação em primeiro. Na próxima semana, enfrenta o São Raimundo, também classificado. Outros dois times que asseguraram a vaga para o ano que vem foram Chapecoense e Macaé.

O dia que o Machadão virou verde

Com o apito final, a torcida do Alecrim veio abaixo. 2009 vai ficar na história do futebol do Rio Grande do Norte, em especial pela campanha desenvolvida por um clube que iniciou a participação na série D de forma desacreditada.

Com a desistência do ASSU, campeão do Estadual 2009, de participar da quarta divisão do Brasileirão, a vaga ficou aberta para o clube esmeraldino.

Fransciso de Assis "Diá" assumiu o clube e teve apenas 40 dias de preparação para o campeonato, que contou com o temido mata-mata.

Após alguns resultados positivos, a torcida, não só do Alecrim, como de ABC, América e outros clubes do RN passaram a acreditar na possibilidade de classificação.

O retrato do Machadão em uma tarde chuvosa de domingo, reflete a confiança ao clube. A casa recebeu um bom número de torcedores que viram, em casa, o clube confirmar a classificação para o terceira divisão em 2009.



Diá, que pagou promessa indo do banco de reservas até o meio-campo de joelhos, agredeceu aos familiares e à diretoria do Alecrim.

Em meio ao agito da imprensa e torcedores, já podia se ouvir os novos planos do clube. "Vencemos a primeira etapa. Vamos em busca do primeiro lugar", dizia Orlando Caldas, O Orlandinho.

Gilberto de Nadai, diretor de futebol do Alecrim, disse: "Foi uma bonita campanha e não merecíamos tomar o gol no final. Mas isso não apaga o nosso resultado nem a classificação", declarou.

Agora, o Alecrim tem mais quatro jogos pela frente para tentar a classificação em primeiro lugar. "Vamos ter que começar a disputa para a série C já amanhã", era o coro dos jogadores no campo.

A+ A-