ASSU desiste de participar da Série D do Brasileiro

Apesar da conquista inédita do título potiguar, Camaleão não conseguiu patrocínio para disputar a competição.

Redação, Jornal de Fato,
Elpídio Júnior
ASSU ganha título mas está fora da Série D
O título inédito de campeão potiguar deste ano parece não ter sido suficiente para manter o Assu em atividade na sequência da temporada.

O clube desistiu de participar do Campeonato Brasileiro da Série D depois de uma reunião na sexta-feira, 29, à noite entre a diretoria executiva, abnegados e o prefeito Ivan Júnior (PP).

O time não conseguiu se viabilizar financeiramente para o Campeonato Brasileiro, apesar da recente conquista do Estadual.

Ainda assim, pesou na decisão de desistir o débito de R$ 50 mil. O clube deve R$ 16 mil aos jogadores e o restante aos fornecedores.

"Cheguei ao meu limite físico, psicológico e financeiro", ressaltou logo no início da reunião o presidente Luís Dailson Machado, anunciando as dificuldades de participação do time na Série D e também da sua permanência no cargo, que foi repassado para o vice-presidente Edvan Cavalcanti para o mandato "tampão" até o final do ano.

Luís Dailson afirmou que tentou, mas o plano para sustentação do time na Série D deu errado. As propostas de parceria com empresas privadas não foram respaldadas e o patrocínio da Prefeitura também não foi possível.

O prefeito Ivan Júnior disse que não poderia liberar o mesmo valor do Estadual (R$ 135 mil) devido ao orçamento apertado do Município para o segundo semestre, mas somente uma ajuda para complemento das despesas.

Diante dos problemas expostos, os presentes na reunião fizeram uma votação para decidir pela desistência ou pela participação, contanto que fosse com um time bem regional, o que geraria menos custos.

A maioria optou pela primeira opção, sob o argumento de que seria melhor trabalhar o segundo semestre, a fim de reestruturar o clube para entrar forte em 2010, que marcará sua estreia em competição de nível nacional: a Copa do Brasil. Amanhã, a diretoria enviará ofício à Federação para comunicar oficialmente a decisão de preterir a Série D por razões justas.

VAGA

Com a desistência, a vaga passa para o Potyguar de Currais Novos, por ter sido vice-campeão estadual. Porém, o presidente do clube, Marcos Merica, já avisou "ser muito difícil" disputar a competição pelos mesmos motivos.

Seguindo a ordem por classificação, o próximo a herdar a vaga seria o Santa Cruz, que está muito mais preocupado em reformar o seu estádio para o Estadual do próximo ano, seguido do Baraúnas.

O time mossoroense admite analisar a situação, embora seja uma tarefa complicada a essa altura dos acontecimentos, faltando apenas 35 dias para iniciar o campeonato.
A+ A-