Aprenda o passo a passo para fazer bacon em casa

Para certos fanáticos do bacon, ele nem precisa ser tão bom, mas com estas dicas você terá uma ótima receita.

Da redação, Estadão Conteúdo,
Goldbely
Pela praticidade, a maioria das pessoas prefere comprar o bacon industrializado, mas é possível fazê-lo em casa de uma maneira bastante saborosa.

A carne de porco, além de extremamente suculenta, funciona bem em diferentes preparos. Mas um iguaria derivada do suíno que certamente enche a boca de qualquer carnívoro, é o bacon.

Pela praticidade muitos preferem comprá-lo já pronto e industrializado. No entanto, é possível obter ainda mais sabor ao fazer você mesmo o bacon.

Para certos fanáticos do bacon, ele nem precisa ser tão bom, mas aqui você pode conferir a receita com o passo a passo para fazer em casa um delicioso bacon. O processo é um pouco demorado, mas pode valer muito a pena!

Ingredientes:

Entre 1 quilo e 2,25 quilos de peça de barriga de porco
2 xícaras de sal
1 xícara de açúcar
2 colheres de sopa rasas de sal de cura.

Modo de preparo:

Lave e enxugue a barriga de porco. Misture o sal de cura aos temperos que preferir e cubra a peça toda. Ponha a carne num saco plástico, acrescente mais uma colherada da cura e de temperos e feche de forma hermética. Mexa para distribuir o sal e deixe na geladeira por uma semana.

Enquanto está sendo curada, a carne solta bastante líquido, o que também ajuda no processo de cura. É preciso virar a peça a cada dia ou dois para garantir que toda ela fique em contato com o líquido.

Após uma semana, verifique o ponto: se a peça for grande demais e afundar ao toque do dedo, ainda não está pronta, mantenha na geladeira e vá testando o ponto, até que esteja bem firme.

Quando estiver curada, tire do saco, descarte o líquido, lave a carne em bastante água corrente e seque-a com papel-toalha. O bacon fresco está pronto e já pode ser usado.

Carne:

Para a receita básica, use uma peça de barriga de porco entre 1 quilo e 2,25 quilos. Com a gordura entremeada, esse corte, que fica para fora da costela, é o ideal para fazer bacon. Decida se prefere um pedaço com mais ou menos gordura, regular ou irregular, mas compre a peça toda.

Sal:

Misture bem 2 xícaras de sal, 1 xícara de açúcar e 2 colheres de sopa rasas de sal de cura. É preciso usar sais especiais que favorecem a cura. O mais comum é o que contém nitrito e nitrato de sódio, para conservar a carne e evitar o ranço e o aparecimento de bactérias que causam botulismo. São encontrados em açougues especializados, lojas de gastronomia e no Mercadão (custam de R$ 3 a R$ 5 nos boxes de temperos).

Finalização:

Ponha o bacon fresco e curado numa assadeira e asse em forno baixo por 1h30 e 2h, até que esteja dourado e com uma gordura transparente (se tiver termômetro, asse até que a temperatura interna da peça seja de 65°C). Se preferir defume-o usando um defumador caseiro, ou mesmo a churrasqueira. Teste diferentes madeiras para variar o aroma. Ou adicione ervas aromáticas e até chá.

Como usar:

Depois de pronto, você pode cortar o bacon em cubos grandes ou pequenos, a depender do uso que vai dar para a peça. Se preferir, faça fatias: as inconfundíveis tirinhas. Mas nem perca tempo tentando fazer fatias finas, pois quando preparado artesanalmente ele fica melhor cortado em fatias grossas. Para conservar bem, basta colocar a peça no freezer até a hora de usar..

Tags: Gastronomia
A+ A-