MPF denuncia 60 pessoas investigadas na Operação Carne Fraca

MPF também pediu a perda do cargo público dos fiscais envolvidos e o confisco dos valores cobrados de propina.

Da redação, Agência Brasil,

gO Ministério Público Federal (MPF) no Paraná denunciou hoje (20) 60 pessoas investigadas na Operação Carne Fraca, da Polícia Federal, deflagrada no mês passado. A PF investiga o envolvimento de fiscais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento em um suposto esquema de liberação de licenças e fiscalização irregular de frigoríficos.

Na ação, enviada à Justiça Federal em Curitiba, os envolvidos, ligados a frigoríficos e servidores do ministério, devem responder pelos crimes de corrupção passiva, violação de sigilo funcional, peculato e organização criminosa. O MPF também pediu a perda do cargo público dos fiscais envolvidos e o confisco dos valores cobrados de propina.

Em março, a deflagração da operação levou o Ministério da Agricultura a afastar 33 servidores envolvidos no suposto esquema de corrupção. Vários países chegaram a suspender a importação de carne brasileira após as denúncias.

Tags: Carne Fraca
A+ A-