Ex-governador Fernando Freire deixa a prisão para cumprir pena em casa

Condenado no escândalo da ‘Máfia dos Gafanhotos’, ele estava preso desde de 2015 no quartel da PM.

Da redação,
Arquivo / Nominuto.com
Preso desde 2015 no quartel da PM em Natal, Fernando Freire conseguiu progressão de pena para o regime semiaberto nesta quarta-feira.

O ex-governador do Estado, Fernando Freire, foi solto nesta quarta-feira (19), após sua defesa conseguir a progressão de pena para o regime semiaberto. Condenado no escândalo que ficou conhecido como Máfia dos Gafanhotos, ele estava preso desde julho de 2015 no Quartel Geral da Polícia Militar, em Natal.

Segundo a defesa, o Fernando Freire já está em casa, utilizando uma tornozeleira eletrônica. Após deixar o quartel da PM, ele foi ao Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP), onde realizou exame de corpo e delito, e, na sequência foi liberado da prisão em regime fechado.

O pedido de progressão de regime da prisão do ex-governador foi acatado pelo juiz da Vara de Execuções Penais, Henrique Baltazar. Fernando estava condenado a 96 anos de prisão, uma vez que foi condenado por peculato em vários processos, que envolviam o caso que ficou conhecido como Operação “Gafanhotos”.

A defesa do chefe do executivo disse que a progressão foi acatada porque a pena foi unificada, ao demonstrar que não se tratou de vários crimes, mas um único delito. Por causa disso, a pena passou de 96 para 12 anos.

Como Fernando Freire estava preso há quatro anos, a redução da punição implicou em progressão para o semiaberto. Fernando Freire foi liberado, mas tem que suar tornozeleira eletrônica. Ele pode sair durante o dia, mas deve estar em casa das 20 às 5 horas.

Tags: Justiça
A+ A-