Vasco perde 6 mandos e São Januário segue interditado

Clube foi punido pelas cenas de violência de torcedores após a derrota para o Flamengo.

Da redação, Com agências,

O Vasco foi punido nesta segunda-feira pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) com a perda de seis mandos de campo e multa de R$ 75 mil pelas cenas de desordem e violência generalizadas em São Januário, após jogo com o Flamengo. A partida aconteceu no último dia 8 de julho, válida pela 12ª rodada do Brasileirão.

O estádio do Vasco, que já havia sido interditado pelo tribunal, segue fechado. Com isso, há possibilidade de o clube continuar impedido de usar o local mesmo após o fim da punição. No último domingo, sem sua casa, o Gigante da Colina enfrentou o Santos no Estádio Nilton Santos, e com portões fechados.

O time terá que jogar a uma distância de no mínimo 100 quilômetros do Rio de Janeiro, mas desde que dentro do Estado do Rio, conforme limitado pelo regulamento do Brasileirão. Volta Redonda deve ser o destino da equipe.

O Flamengo também foi punido com multa de R$ 5 mil, por causa de um objeto jogado no gramado pela torcida rubro-negra.

Cabe recurso ao Pleno do STJD. A subprocuradora já anunciou que vai recorrer, por ter achado a pena ao Vasco branda.

Após apito final do jogo, vencido pelo Fla, ocorreram brigas entre torcedores do Vasco e confrontos com policiais, que usaram balas de borracha e bombas de efeito moral. Houve tentativa de invasão de campo, e cabines de imprensa foram também foram alvo de vândalos. Um cinegrafista da Band foi agredido e filmou toda a ação.

Bombas foram arremessadas por torcedores na arquibancada e no campo, dificultando a saída dos jogadores do Flamengo para o vestiário.

Do lado de fora, a violência continuou, e um torcedor morreu baleado. Davi Rocha, de 27 anos, levou um tiro no tórax e chegou já sem vida ao Hospital Souza Aguiar, no Centro do Rio.

Tags: São Januário
A+ A-