Governo redefine Programa Estadual de Agroenergia

Anúncio de ampliação da produção foi feito pelos secretários de Agricultura e Energia do estado.

Marília Rocha ,
Vlademir Alexandre
Jean-Paul Prates: Compra de grãos de girassol está assegurada pela Petrobras por cinco anos.

Agora há pouco, em reunião na Secretaria de Agricultura, foi lançado o Programa Estadual de Agroenergia com mudança na nomenclatura e ampliação de produção para atender à demanda do mercado. O antigo Programa de Agroenergia da Agricultura Familiar do Rio Grande do Norte continua fazendo parte do projeto, incluindo novas perspectivas para os outros produtores agrícolas.

O anúncio do programa remodelado inclui a ampliação na produção e na área de cultivo, sob coordenação das secretarias de Agricultura e Energia e participação da Secretaria de Planejamento, Emater, Emparn, Petrobras e MDA-RN. Para tocar o programa, será criada uma força-tarefa que trabalhará em tempo integral.

A explicação para as mudanças feitas pelo Governo é o maior incentivo aos agricultores potiguares, visando aumentar a produção das sementes, com previsão de produção estimada pelo Programa de Agroenergia em 60 mil toneladas em 2009 – 2010, e 50 mil hectares de área plantada, sendo necessária a inclusão de áreas de agricultura extensiva.

O secretário Estadual de Energia, Jean-Paul Prates, confirmou a importância do programa para o fortalecimento do agricultor potiguar. “A necessidade de compra de grãos pelas plantas industriais de Quixadá, Candeias e Montes Claros e fortalecimento da reivindicação da planta de Guamaré mudaram a realidade do Programa de Agroenergia”, afirma o secretário.

Jean-Paul Prates comentou ainda que a produção de grãos de girassol está com compra assegurada pela Petrobras durante 5 anos, garantindo economicamente a viabilidade do Programa de Agroenergia.

Seis regiões no Rio Grande do Norte serão beneficiadas pelo Programa: Agreste, Mato Grande, Assú, Apodi, Alto Oeste e Mossoró, que receberão estrutura para os processos de assistência técnica, coleta e esmagamento dos grãos de girassol.

A Governadora Wilma de Faria, juntamente com o presidente da Petrobras, deve lançar oficialmente o lançamento do Programa Estadual de Agroenergia já na primeira semana de novembro.

A+ A-