Tiroteio deixa um policial morto na avenida Champs-Élysées em Paris

Ataque ocorre às vésperas da eleição presidencial; outro policial ficou ferido.

Da redação, Estadão,
Christian Hartmann/Reuters
Forte esquema de segurança na Avenida Champs-Élysées após incidente na noite desta quinta-feira em Paris.

Um homem armado trocou tiros com a polícia na Avenida Champs-Élysées, a mais importante da França, por volta das 21h (16h em Brasília) nesta quinta-feira (20), às vésperas da eleição presidencial. Um agente foi morto e outro ficou gravemente ferido. 

Segundo o Ministério do Interior, um atirador foi sido morto a tiros. Dezenas de unidades policiais foram enviadas a um dos locais mais famosos entre os turistas na cidade. O comércio da região fechou as portas e a via foi isolada pela polícia.

Via redes sociais, a chefia de polícia de Paris aconselhou: "Evitem o setor e respeitem as orientações das forças de polícia". 

O ataque desta quinta ocorre dois dias depois de uma operação policial prender dois homens em Marselha suspeitos de preparar um atentado imimente visando as eleições. 

Nos Estados Unidos, o presidente Donald Trump lamentou o ocorrido em Paris durante um pronunciamento ao lado do primeiro-ministro italiano.

Tags: atentado Champs-Élysées Paris
A+ A-