Chefe de facção criminosa é assassinado em Extremoz

Eduardo Rodrigues, irmão de “Joel do Mosquito”, foi emboscado dentro de carro.

Walfrido Tampa,
Divulgação/WhatsApp
Carro em que estavam "Eduardinho do Mosquito" e a namorada foi atingido por cerca de 20 tiros quando passava pela rotatória da BR-101 Norte.

Um dos chefes de uma facção criminosa que atua no Estado foi executado a tiros na noite deste domingo (7) na BR-101 Norte, no acesso à cidade de Extremoz, na região metropolitana.

De acordo com a Polícia Militar, Eduardo Rodrigues, também conhecido como “Eduardinho do Mosquito”, foi executado dentro do carro. A namorada do traficante também foi atingida mas não corre risco de morte. O veículo que o casal estava ficou com cerca de 20 marcas de tiros.

Eduardo era irmão do traficante “Joel do Mosquito”, que comandava o tráfico de drogas na Favela do Mosquito e que foi assassinado em outubro de 2015 na Cadeia Pública de Natal.

Em janeiro deste ano, Eduardo Rodrigues recebeu o direito de cumprir a pena pelo tráfico de drogas em regime domiciliar. A transferência dele ocorreu em meio à disputa pelo poder entre as facções criminosas na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, que resultou na morte de 26 detentos.

Tags: PCC Polícia Sindicato do Crime Violência
A+ A-