Confronto ente PM e criminosos em Extremoz deixa um refém baleado

Jovem de 19 anos foi atingido no pescoço e segue internado em estado grave no Hospital Walfredo Gurgel.

Da redação, PM,
Acervo familiar
Milton Coelho, de 19 anos, foi atingido por um tiro no pescoço durante confronto entre policiais e bandidos. Jovem foi feito de refém durante roubo.

Um tiroteio entre policiais militares e criminosos na comunidade de Estivas, em Extremoz, na Grande Natal, na noite deste domingo (7), deixou um refém baleado. Milton Coelho de Oliveira Neto, de 19 anos, foi atingido no pescoço, socorrido em estado grave e segue internado no Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel*.

A Polícia Militar vai investigar de onde partiu o disparo e as circunstâncias em que o fato ocorreu. Três criminosos também foram baleados, vindo um deles a óbito.

Segundo informações da PM, ao retornar da Operação Eleições 2018, uma guarnição com dois sargentos e dois cabos, deparou-se com um carro com queixa de roubo e cinco ocupantes. A quadrilha estava roubando um carro em que estavam pai e filho, feitos reféns. Ao perceberem a aproximação dos policiais, os criminosos atiraram.

Ainda de acordo com a PM, os policiais revidaram e na troca de tiros, o rapaz foi baleado no pescoço. Ele foi levado para o Hospital Santa Catarina, na zona norte, e, em seguida, transferido para Pronto-Socorro Clóvis Sarinho.

Três dos cinco criminosos foram feridos e também deram entrada na unidade. Outros dois conseguiram fugir. Um revólver foi apreendido.

*Ao contrário do que foi informado anteriormente, o óbito registrado nessa ocorrência não foi da vítima Milton Coelho, mas sim de um dos acusados de praticar o roubo.

Tags: Extremoz refém baleado tiroteio
A+ A-