Operação “Arremedos de Jurisdição” prende acusados de falsificar alvarás judiciais

Ação realizada em Mossoró prendeu três por força de mandado de prisão preventiva.

Gerlane Lima,

Policiais Civis da Delegacia de Defraudações de Mossoró deflagraram nesta sexta-feira (24) a operação “Arremedos de Jurisdição”. Durante a ação foram presos, por força de mandado de prisão preventiva, o advogado Miqueias de Melo Félix, 30 anos, o web designer Denílson Lopes de Souza, 22 anos e Aldo Ribeiro de Souza Neto, também de 22 anos.

O trio é acusado de falsificar alvarás judiciais para sacar dinheiro de contas da justiça. Eles acessavam o sistema Projudi, pegavam os dados das partes do processo e substituíam pelos dados deles. Para que pudessem sacar o dinheiro, o trio ainda falsificava as assinaturas da juíza e da secretária do fórum.

Miqueias, Denílson e Aldo serão autuados por falsificação de documento público e estelionato.


Tags: Arremedos de Jurisdição
A+ A-