Potiguar é preso suspeito de ter matado torcedor do CRB após jogo em Maceió

Delegada alagoana diz ter evidências contundentes que levam Ayslan do Nascimento ser considerado o principal suspeito do crime.

Tiago Medeiros,
Um integrante da torcida organizada do América, Máfia Vermelha, foi preso neste domingo (8), em Maceió/AL, acusado de ter matado um torcedor do CRB após a partida no estádio Rei Pelé, na noite do sábado (7), jogo válido pela série B do Campeonato Brasileiro.

Após ouvirem o depoimento de mais de 50 torcedores americanos, os policiais da delegacia de homicídios de capital alagoana apontaram Ayslan Silva do Nascimento, de 21 anos, como autor do disparo que vitimou o torcedor do CRB, Jônatas Daniel dos Santos, de 24 anos. O jovem foi preso em flagrante, mas a arma usada no crime não foi encontrada.

Ayslan nega que tenha atirado contra a vítima, em entrevista a um jornal alagoano ele contou que no momento em que ouviu o disparo ainda estava saindo do estádio com os instrumentos da bateria da Máfia Vermelha. Versão contestada pela delegada responsável pela investigação, Sheila Carvalho, que disse ter evidências contundentes que levam o Ayslan ser considerado o principal suspeito do crime.

A rua da delegacia onde os americanos prestaram depoimento precisou ser cercada pela Polícia Militar após denúncia de que torcedores do CRB estariam circulando pelas proximidades ameaçando torcedores potiguares. E depois de serem liberados, os ônibus da torcida americana foram escoltados até a saída da cidade.
A+ A-