Quinto suspeito de participação em morte de policial civil é apreendido em SP

Delegada Taís Aires acredita que menor foi o responsável por atirar no APC André Severiano.

Rafael Araújo,
Arquivo pessoal
Agente de Polícia Civil, André Severiano foi assassinado a tiros no dia 30 de maio deste ano na marginal da BR-101, em Emaús.
Um adolescente foi apreendido na madrugada desta segunda-feira (24) em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, apontado como o quinto suspeito de participação no assassinato do policial civil André Severiano, morto a tiros no dia 30 de maio deste ano, em Emaús. Segundo a delegada Taís Aires, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil do RN, o menor detido foi o responsável por atirar no policial.

A delegada disse ainda que a detenção do adolescente foi realizada com o apoio da Delegacia de Investigações Gerais de São José de Rio Preto (DIG). Ainda de acordo com Taís Aires, antes de ser detido nesta madrugada, o menor já tinha sido abordado pelos policiais civis.

“Ele chegou a ser abordado pelos policiais anteriormente, mas na ocasião ele conseguiu escapar”, destacou. Ela revelou ainda que, na ocasião, o menor estava com a arma do policial. Contudo, antes de fugir para o interior paulista ele repassou a arma para Ruan Carlos Pereira, mais conhecido como o 'Maquinista', outro suspeito de participação no crime – que morreu em confronto com a Polícia Civil no bairro das Quintas no dia 23 de maio.

Detido em São Paulo, o quinto suspeito de participação na morte do Agente de Polícia Civil André Severiano será transferido para Natal. A detenção dele aconteceu em cumprimento a um mandado de busca e apreensão pessoal expedido pela Vara da Infância e da Juventude da comarca de Parnamirim.

Três suspeitos já haviam sido presos

Gabriel Fernando dos Santos, conhecido "Biel", 19 anos, Aylton Bezerra da Silva Júnior, conhecido como "Carneirinho", 25 anos, João Lucas Severo de Souza e Silva, 21 anos e Ruan Carlos Pereira foram presos pela Polícia Civil no dia 5 de junho suspeito de participação no homicídio, durante a deflagração da operação 'Todos por um'.

Relembre o caso

O agente de Polícia Civil André Severiano, de 45 anos, foi assassinado a tiros na noite do dia 30 de maio, nas proximidades do viaduto de Emaús, em Parnamirim. O corpo do policial foi encontrado ao lado do próprio carro, um Fox de cor branca, na marginal da BR-101.

André Severiano trabalhava na instituição há 13 anos e atualmente estava lotado na 2ª Delegacia de Polícia de Parnamirim. Em nota, a Polícia Civil lamentou a perda e prestou condolências aos familiares e informou que irá cumprir com a obrigação de “identificar e prender os responsáveis pelo crime”.

Tags: Polícia
A+ A-