Sargento da PM é assassinado a tiros durante roubo em Extremoz

Jailson Cipriano da Silva, de 56 anos, é o 18º policial assassinado somente este ano.

Walfrido Tampa,
Acervo pessoal

Mais um policial foi assassinado no Rio Grande do Norte, após um roubo ocorrido na noite dessa terça-feira (10) a uma loja de conveniância na cidade de Extremoz, na região metropolitana. De acordo com a Polícia Militar, o sargento Jailson Cipriano da Silva, de 56 anos, foi morto a tiros ao tentar impedir um assalto.

O militar é o 18º agente de segurança pública assassinado somente este ano. Desse total, 16 eram PMs e dois policiais civis.

Segundo a PM, o sargento Cipriano estava em um pequeno comércio, que pertence a familiares da vítima, localizado na rua Ojuan, no bairro Quinta da Figueira, quando dois homens em uma motocicleta anunciaram o roubo. Conforme informações preliminares, o PM teria reagido e uma troca de tiros foi iniciada.

O sargento acabou atingido por no braço e nas costelas e ainda chegou a descrever as características dos criminosos para os colegas policiais. Jailson Cipriano foi socorrido ainda consciente para o Hospital da cidade, contudo, sofreu uma parada cardíaca. O militar foi reanimado e encaminhado para o Hospital Santa Catarina, na zona norte de Natal, onde acabou morrendo.

A PM informou que os assassinos utilizaram capas de chuvas de cor amarela e fugiram levaram a pistola da vítima. Apesar das diligências das equipes policiais, ninguém foi preso até o momento. O caso deverá ser investigado pela Polícia Civil.

Tags: Insegurança Polícia Violência
A+ A-