Carlos Eduardo chama dirigentes sindicais de “baderneiros”

Prefeito criticou ocupação da Semad e diz que secretarias mantêm diálogo com sindicatos.

Flávio Oliveira,
Artur Melo/Nominuto
O prefeito Carlos Eduardo Alves disse que invasão à Prefeitura pelos dirigentes sindicais é "politicagem".

O prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, utilizou o Twitter na manhã desta quarta-feira (11) para criticar a ocupação da Secretaria Municipal de Administração (Semad) realizada pelos sindicalistas. Em uma das postagens, ele qualificou os dirigentes dos sindicatos como “baderneiros”.

“Dirigentes sindicais confundem sindicato com seus partidos políticos transformando-se em baderneiros desqualificados”, publicou o chefe do Executivo municipal.

Carlos Eduardo acusou ainda os líderes dos sindicatos de agredir servidores. “Dirigentes sindicais agrediram fisicamente os servidores. Casos estão na delegacia e Procuradoria na Justiça”.

TwitterCarlosEduardoAlves

Segundo o prefeito, os representantes dos sindicatos foram recebidos duas vezes nos últimos 30 dias para discutir o pagamento da folha dos servidores municipais. “Nesses 30 dias recebemos os sindicatos 2 vezes. Secretarias tem diálogo permanente, não justifica a baderna politiqueira”, escreveu.

Para Carlos Eduardo, a ocupação da Semad foi motivada por “politicagem”, uma vez que o compromisso do pagamento da folha correspondente ao mês de dezembro já havia sido anunciado para hoje.

Tags: Carlos Eduardo Alves Prefeitura do Natal
A+ A-