Carlos Eduardo confirma acordo entre PDT e PSB para segundo turno

Ex-prefeito de Natal afirma que, caso não chegue ao segundo turno, seu "caminho natural" é apoiar a candidatura do governador Iberê.

Alisson Almeida,
Fotos: Ohara Oliveira
“O caminho é apoiar o governador, porque é uma questão de coerência nacional”, declarou.
O ex-prefeito de Natal e pré-candidato ao Governo do Estado, Carlos Eduardo Alves, confirmou que o PDT e o PSB firmaram um acordo para que as duas legendas estejam juntas no segundo turno das eleições pela sucessão potiguar. O pacto, segundo o pedetista, foi costurado pelo deputado federal Henrique Eduardo Alves (PMDB).

Carlos Eduardo disse que está convicto de que vai chegar ao segundo turno, mas adiantou que, se isso não ocorrer, vai apoiar a candidatura do governador Iberê Ferreira de Souza (PSB). “O caminho é apoiar o governador, porque é uma questão de coerência nacional”, declarou, em entrevista ao Jornal 96 (96 FM) desta segunda-feira (5).

O ex-prefeito acrescentou que espera a mesma atitude de Iberê, caso o governador não avance nas eleições. Carlos Eduardo voltou a descartar a hipótese de compor com a candidatura da senadora Rosalba Ciarlini (DEM).



“A candidata do DEM é a Rosalba Ciarlini, que é contra governo federal. Ela é oposição ao governo Lula, ela critica o governo Lula. O partido dela tem uma posição sectária contra ao governo Lula”, argumentou, demonstrando que a tática para fazer frente ao favoritismo de Rosalba vai ser colar nela a pecha de anti-Lula.

Apoio do PMDB
Carlos Eduardo disse que ainda não desistiu de atrair o PMDB para o seu palanque, mesmo com os líderes do partido – Henrique Alves e o senador Garibaldi Alves Filho – defendendo outras candidaturas. Enquanto Henrique prega o voto no governador Iberê, Garibaldi é um entusiasta da candidatura de Rosalba.

O ex-prefeito ponderou que, a despeito das teses defendidas pelos líderes peemedebistas, ainda é possível dialogar com o PMDB. “PMDB, PR e PT são partido que estão conosco no plano nacional. Então, nada impede que a gente continue conversando”.

Entrevista

Ouça agora a entrevista concedidao ao Jornal 96 desta segunda-feira, (5). Confira:



*Atualizada às 9h10 para acréscimo de informações.
A+ A-