Robinson Faria deve disputar cadeira de deputado estadual

Acossado por ações na Justiça e decepcionado com a votação do ajuste fiscal em janeiro, governador foi convencido a reduzir riscos políticos e jurídicos.

Diógenes Dantas,
Assecom
Robinson tem sido aconselhado e sofrido forte pressão para reduzir riscos jurídicos em caso de malogro no projeto eleitoral majoritário.

O governador Robinson Faria (PSD) deverá anunciar em breve que abre mão da reeleição para concorrer a deputado estadual nas eleições deste ano. A informação já circula em seu círculo mais próximo de colaboradores.

Se o fato se confirmar, Robinson renunciará ao cargo de governador até 7 de abril, prazo final de desincompatibilização. Nesta situação, assumirá o vice-governador Fábio Dantas (PCdoB) com a perspectiva de aglutinar forças em torno de sua própria reeleição.

Uma fonte muito próxima do governador informou que Robinson Faria resistia muito à ideia de renúncia, mas o pífio resultado da votação do ajuste fiscal em janeiro [das 20 propostas apresentadas, apenas 8 foram aprovadas] o fez mudar de posição.

O governador tem sido aconselhado e sofrido forte pressão para reduzir riscos jurídicos em caso de malogro no projeto eleitoral majoritário - governo ou Senado. A ‘situação de Henrique Alves’, preso desde junho do ano passado na Lava Jato, é lembrada com certa insistência. E não é para menos.

Robinson Faria responde a processo na ‘Dama de Espadas’, e é alvo de inquéritos na Lava Jato e no Ministério Público estadual [reprovação de contas do governo em 2016 pelo TCE].

fabio_dantas_al_770

O governador teria decidido concorrer à Assembleia Legislativa para não atrapalhar o projeto de reeleição do filho, deputado Fábio Faria (PSD), à Câmara Federal, onde goza de prestígio junto às lideranças partidárias, em especial Gilberto Kassab, presidente nacional do PSD.

Ninho tucano

O vice-governador Fábio Dantas pode assinar ficha de filiação ao PSDB como preparação para uma eventual disputa de governo.

O gesto desarmaria articulações em torno do presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB). Há um grupo de parlamentares que sonha com a renúncia dupla - de Robinson e de Fábio Dantas - para Ezequiel assumir o governo, e disputar a reeleição.

O entendimento entre Fábio Dantas e Ezequiel Ferreira é possível, apontou um parlamentar da base governista.

Fábio Dantas já externou sua vontade de deixar o PCdoB.

Tags: Fábio Dantas PSD renúncia Robinson Faria
A+ A-