Diretores da penitenciária de Alcaçuz são exonerados

O novo diretor da unidade é Francisco Giovanny e o vice, Hudson Luiz da Silva.

Da redação,
Arquivo

Dois dias após a mais longa rebelião do sistema carcerário do Rio Grande do Norte completar um mês, a Secretaria Estadual da Justiça e da Cidadania substituiu os diretores da Penitenciária Estadual de Alcaçuz.

Segundo a assessoria da pasta, o antigo diretor, Ivis Ferreira Barros, e seu vice, Rubian do Nascimento Rocha, já tinham pedido exoneração dos cargos há alguns dias, mas só foram atendidos após a secretaria definir quem os substituiria. O novo diretor da unidade é Francisco Giovanny e o vice, Hudson Luiz da Silva.

Giovanny e Silva são agentes penitenciários, tal como Barros e Rocha, que, após a exoneração, voltam a ocupar os antigos cargos.

Pelo menos 26 presos foram mortos por detentos em Alcaçuz, no dia 14 de janeiro, dia em que integrantes de facções criminosas rivais depredaram e escaparam dos pavilhões 4 e 5 e assumiram o controle do pátio por vários dias, forçando o governo estadual a pedir a ajuda da Força Nacional de Segurança Pública e das Forças Armadas.

Tags: Alcaçuz
A+ A-