Governo quer transformar Avenida Roberto Freire em via expressa

Adequações fazem parte das obras de mobilidade urbana para atender as necessidades viárias da Copa do Mundo de 2014.

Marília Rocha,
Foto: Elpídio Júnior
Kátia Pinto, secretaria de Infraestrutura.
Quem transita pela Avenida Engenheiro Roberto Freire em qualquer hora do dia já percebeu que a via é uma das mais movimentadas de Natal e que precisa urgente de um projeto de adequação. Foi pensando nisso que a Secretaria de Estado de Infraestrutura (SIN) reuniu a equipe técnica e reformulou o projeto da avenida que passará a ser via expressa, ou seja, sem semáforos.

O novo projeto foi apresentado na manhã desta segunda-feira (13) com os dados de ampliação das vias que antes era de seis faixas para dez faixas. “O projeto da Roberto Freire faz parte das obras de mobilidade urbana para a Copa de 2014 e terá financiamento do Governo do Estado, atendendo a demanda crescente de carros e de fluxo nas região”, argumenta a secretária Kátia Pinto.

Ela conta que a via será rebaixada e os semáforos serão eliminados, garantindo maior rapidez no fluxo de carros. “Um turista que chegar pelo aeroporto percorrerá a Roberto Freire de forma mais rápida já que não existirão mais sinais, nem a lombada eletrônica”, explicou a secretária de Infraestrutura.

Os motoristas vão sentir as mudanças na avenida do viaduto até a feirinha que antes contabilizava nove semáforos de trânsito.

O projeto lista ainda a construção de túneis e passarelas para pedestres e deve ser concluída até 2014, ano da Copa do Mundo no Brasil.
A+ A-