Rejeição ao governador Robinson atinge 54%

Alexandre Cavalcanti,

A pesquisa Ibope/Tribuna do Norte, registrada no TRE sob o número RN-03429 e no TSE BR-07949, mostrou que o governador Robinson Faria (PSD) é o mais rejeitado entre todos os outros candidatos. 54% dos entrevistados disseram não votar em Robinson. O candidato do PDT, Carlos Eduardo, tem 19% de rejeição, contra 14% da senadora Fátima Bezerra (PT).

O governo Robinson Faria sofre uma desaprovação de 80%. Ainda, segundo o Ibope/Tribuna do Norte, os entrevistados consideram o atual governador como pior dos últimos 30 anos. No mesmo período, Wilma Faria foi escolhida a melhor governadora.


Fátima amplia vantagem sobre Carlos Eduardo

Alexandre Cavalcanti,

A pesquisa Ibope/Tribuna do Norte indica que a eleição para o governo do Estado só será decidida no segundo turno, mas a senadora Fátima Bezerra(PT) aumentou a vantagem sobre o segundo colocado, Carlos Eduardo (PDT).

Os três principais candidatos conquistaram a seguinte pontuação:

1) Fátima Bezerra   - 31%

2) Carlos Eduardo   - 15%

3) Robinson Faria.   -  9%

Os candidatos do PSB, Fábio Dantas, com 3%; do PSOL, Carlos Alberto, com 4%, e Freitas Júnior, da Rede, com 2%, levariam a eleição para o segundo turno.

Os registros da pesquisa junto a Justiça Eleitoral são: RN- 03429/2018(TRE) e BR-07949/2018(TSE).


Garibaldi e Geraldo lideram para o Senado

Alexandre Cavalcanti,

O senador Garibaldi Alves Filho (MDB) e o ex-governador Geraldo Melo (PSDB) lideram a corrida para o senado, segundo pesquisa de intenção de voto Ibope/Tribuna do Norte. Garibaldi tem 24% e Geraldo 22%.

O capitão Styvenson, ainda sem partido, com 19%,  atropelou a deputada Zenaide Maia (PHS), com 18%, e assumiu a terceira colocação.

O deputado Antônio Jácome(Podemos) tem 12%; Alexandre Mota(PT), 7%; professor Lailson(PSOL), 7%; Magnólia (Solidariedade), 6%; e Joanilson de Paula (PSDC), 2%. 

Os registros da pesquisa são:  RN-03429/2018(TRE) BR-07949/218(TSE).


Lula manda carta de apoio a Fátima

Alexandre Cavalcanti,

Pronto, apareceu o que estava faltando: uma carta do ex-presidente Lula, preso em Curitiba, - por corrupção passiva e lavagem de dinheiro -,  para a senadora Fátima Bezerra (PT), candidata ao governo Estado. Em suas mal traçadas linhas, além de renovar seu apoio à senadora petista, Lula diz que será candidato a presidente, vai ganhar as eleições e vai ajudar a Fátima a ser a melhor governadora do Rio Grande do Norte.

Em recente campanha, no Estado do Tocantins, para o Governo do Estado, a senadora Kátia Abreu, também, recebeu uma carta do ex-presidente Lula. Ao divulgar a missiva em programas eleitorais gratuitos, a candidata despencou para o quarto lugar e não chegou sequer ao segundo turno. O episódio, entretanto, não deve amedrontar a senadora Fátima Bezerra. Setores petistas pretendem pagar pra ver.

Nas eleições de 2014, o ex-presidente Lula, ainda em liberdade, foi o principal cabo eleitoral de Robinson Faria (PSD) para derrotar o deputado Henrique Eduardo Alves (MDB). Como na mensagem de hoje, postada no twitter da senadora Fátima, Lula, também, prometia ajudar Robinson a ser o melhor governador do Rio Grande do Norte 



Governantes ainda acham que podem tudo

Alexandre Cavalcanti,

A classe política não parece acuada com a ação da Justiça, do Ministério público e da Polícia Federal. Os ordenadores de despesas não estão nem aí. Para ter certeza disso, basta observar a nota postada pelo blog de Robinson Pires, informando sobre o convênio assinado entre a secretaria de Planejamento do governo do Estado com a cooperativa mista dos agricultores familiares de São João do Sabugi, no valor de mais de 11 milhões de reais.

Nada contra a finalidade do convênio. Mas, causa estranheza a oportunidade, a data, por se tratar de um ano eleitoral. O portal da transparência do governo mostra um outro exemplo que atesta a falta de preocupação dos governantes: o município de Messias Targino firmou dois convênios com o governo do Estado, apenas agora, em 2018, no valor de quase 3 milhões de reais. Messias Targino tem 5 mil habitantes.

Também, em cima do prazo limite da legislação eleitoral, o município de São Gonçalo do Amarante, na região do grande Natal, espera ansiosamente pela liberação dos recursos para a construção da estrada que liga a sede à comunidade de Poço de Pedras, na zona rural. Neste caso, são 22 milhões de reais.


Jaime aperta chave-de-roda na Câmara

Alexandre Cavalcanti,

Ex-prefeito Jaime Calado(PMB), de São Gonçalo, e o atual Paulo Emídio (PR), aplicaram uma verdadeira chave-de-roda na Câmara Municipal para evitar o voto no candidato a governador do PDT, Carlos Eduardo. Após a publicação de fotografia de Carlos com seis vereadores da base governista, Jaime chamou todos ao seu escritório, na sala 6, do Hotel Residence.

Jaime e Paulinho votam em candidatos diferentes para governador. O ex-prefeito é eleitor da senadora Fátima Bezerra (PT). Paulinho apóia a reeleição do governador Robinson Faria(PSD). Os dois, entretanto, estão unidos para evitar a vitória de Carlos Eduardo. Temem ser derrotados pelo advogado Poti Neto (MDB), principal liderança municipal da Oposição.

Até o momento, a chave-de-roda parece não ter funcionado. Jaime que tem a mulher candidata a senadora e a filha a deputada estadual, teme, também, perder os votos das duas. A mesma coisa acontece com Paulinho. Sua mulher é candidata a deputada estadual e o prefeito não pode forçar o voto para governador. Corre o risco de perder o voto da primeira dama.


Saiu a definição: PP fecha com Carlos Eduardo

Alexandre Cavalcanti,
Reprodução
Prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini, explicou em vídeo os motivos para apoiar a pré-candidatura de Carlos Eduardo Alves ao Governo do Estado.

Terminou a novela do PDT, de Carlos Eduardo Alves, candidato ao governo do Estado, com o PP, da prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini. Depois de muita conversa, idas e vindas, e de uma checagem minuciosa nas chapas proporcionais de deputado Estadual e Federal, finalmente aconteceu o desfecho esperado: 0 PP integra a coligação que apóia Carlos Eduardo, ao lado do MDB, de Garibaldi Alves Filho, e do DEM, do senador José Agripino.

A reunião que era para ter acontecido pela manhã, acabou ocorrendo no início da tarde. Coube ao PP a indicação do candidato a vice-governador: Kadu Ciarlini Rosado, publicitário, filho do casal Carlos Augusto Rosado/Rosalba Ciarlini. Até esta manhã, o publicitário era candidato a deputado estadual.

Em vídeo, a prefeita de Mossoró explicou os motivos para apoiar o ex-prefeito de Natal nas eleições deste ano. “O nosso grupo político, o nosso partido, os nossos amigos, analisaram as pré-candidaturas que estão colocadas e nós vimos que para o novo momento do Rio Grande do Norte é necessário competência, trabalho e experiência. Carlos Eduardo por ter sido prefeito quatro vezes, secretário de Estado, deputado estadual reúne as condições para o novo momento do Rio Grande do Norte”, justificou Rosalba.


Confira o vídeo:


AMS


PDT esclarece entendimento com o PP

Alexandre Cavalcanti,

A Assessoria de Comunicação Social do PDT distribuiu, agora, às 12:45 h, Nota à Imprensa, informando sobre os entendimentos com o Partido Progressista.

                   NOTA

"Na quarta-feira (18/07), líderes dos partidos apoiadores da pré-candidatura do ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo (PDT) a governador, mantiveram longa e positiva conversa com dirigentes do Partido Progressista(PP) com o objetivo de formar aliança para as eleições deste ano.

Ficou marcada para esta quinta-feira a conclusão do entendimento. O Partido Progressista comunicou aos líderes do PDT, MDB, DEM e Podemos que o teor dos entendimentos prevalece e que, neste momento, está buscando consenso interno referente às política de Mossoró".

A nota não fixa prazo para a conclusão dos entendimentos, mas o prefeito de Natal, Álvaro Dias (MDB), disse que a conversa de ontem foi praticamente conclusiva.


PP faz suspense e não aparece na hora marcada

Alexandre Cavalcanti,

Parece mais um filme do mestre do suspense Alfred Hitchcock. O grupo mossoroense, do PP, - o ex-deputado Carlos Augusto Rosado, marido da prefeita Rosalba Ciarlini, o presidente dos progressistas, Betinho Rosado, e o deputado federal Beto Rosado, ainda não apareceu para o encontro marcado com o alto comando do sistema de forças do candidato a governador, Carlos Eduardo Alves. A reunião estava agendada para 9 horas. Agora já passam das 11:20h.

Na sede do PDT, no bairro do Tirol, o prefeito Álvaro Dias, de Natal, os senadores José Agripino (DEM) e Garibaldi Alves Filho (MDB), os deputados federais Antônio Jácome (Podemos), Walter Alves(MDB) e Felipe Maia (DEM), além Carlos Eduardo Alves (PDT) aguardam a reunião com grande expectativa.

Em tempo: Carlos Augusto e Betinho Rosado estão incomunicáveis.

O atraso sugere várias versões: o grupo estaria discutindo internamente o nome do vice; ou avaliaria os nomes apresentados para as chapas de deputado estadual e federal; ou Betinho e Carlos Augusto tentariam convencer o ex-deputado Cipriano Correia, presidente do PMN, a, também, ingressar na mesma coligação coligação; ou, ainda, - e aí vem o suspense: o grupo mossoroense tomaria uma posição diferente da esperada.


Prefeitos lançam mulher, filhos e cunhados para deputado

Alexandre Cavalcanti,

Caladinho, o prefeito Fernando Cunha, de Macaíba, vai costurando e acredita já ter os votos suficientes para fazer sua cunhada Ederlina Dia Cunha deputada estadual. A candidata é irmã da ex-prefeita Marília Dias(rompida com sistema de Fernando) e mulher de Sérgio Cunha, irmão do prefeito, uma espécie de primeiro ministro com plenos poderes.

Em Macaíba, seu principal reduto eleitoral, Ederlinda, que apóia a reeleição do governador Robinson Faria (PSD), conta com o apoio do prefeito, de todos os secretários do Município e de 11 vereadores. Tem, ainda, o apoio de conselhos comunitários, times de futebol e até de setores da Igreja.

No município vizinho, em São Gonçalo do Amarante, a candidata é a mulher do prefeito Paulo Emídio (PR), também, da base de apoio à reeleição de Robinson Faria. Terezinha Maia tem o apoio de oito dos 17 vereadores, todos os secretários do Município, times de futebol, conselhos comunitários e lideranças de bairro.

O prefeito de São Gonçalo é mais ousado do que o seu colega de Macaíba. O grupo que está no poder tem, também, outros candidatos prá deputado estadual( a filha do ex-prefeito), para deputado federal (o irmão da deputada Zenaide e cunhado do ex-prefeito) e até prá senador: Zenaide Maia Calado, mulher de Jaime e irmã de João Maia. Tudo isso em partidos e sistemas diferentes para evitar congestionamentos.

Em Natal, o prefeito Álvaro Dias (MDB) lançou o filho, Adjuto Dias, presidente do MDB de Caicó, a deputado estadual. Em Monte Alegre, o prefeito Severino da Irmã Dulce, apresentou o nome do filho Kléber, também, para deputado estadual. Em Extremoz, a candidata é Elaine, mulher do prefeito Joáz.

A proliferação de candidaturas de parentes de prefeitos tem chamado a atenção do Ministério Público Estadual, principalmente, depois que o deputado Nélter Queiroz (MDB) denunciou o uso da máquina em favor de projetos políticos pessoais.


Fábio Faria vai atuar na madrugada

Alexandre Cavalcanti,

Era tudo que o deputado Fábio Faria (PSD) queria. O PP não bateu o martelo com Carlos Eduardo Alves(PDT), prometendo um novo encontro para amanhã, às 9 da matina. " Vai ser a noite mais longa do ano", disse uma raposa política bem postada na base governista. Tempo suficiente para o "trator da madrugada", desmantelar tudo que foi construído até agora.

O senador Garibaldi Alves Filho (MDB) adiantou que esperava concluir as conversações, ainda, hoje, quarta-feira (18). Como ficou para amanhã, já dizia o major Theodorico Bezerra, " tudo pode acontecer".  E mais: Fábio aprendeu rápido e tem se notabilizado pela capacidade de articulação.

Salvo algum acidente de percurso, PP e PDT deram um passo importante com vistas a formatação de uma grande aliança. E pode chegar mais gente. O presidente do PP, Betinho Rosado, defende a presença, também, do PMN, do ex-deputado Cipriano Correia. A noite vai ser longa mesmo.


PP adia definição para amanhã

Alexandre Cavalcanti,

O Partido Progressista (PP) adiou para amanhã a definição do apoio à candidatura do ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) ao governo do Estado. "Ficou bem encaminhado", disse o presidente do PP, ex-deputado federal Betinho Rosado. "Eles nos apresentaram uma nominata para deputado estadual e federal. Nós vamos estudar e amanhã voltamos a nos reunir para bater o martelo".

A prefeita Rosalba Ciarlini, de Mossoró, não participou do encontro, na sede do PDT. Carlos Eduardo estava acompanhado do prefeito Álvaro Dias e dos senadores Garibaldi Alves (MDB) e José Agripino (DEM). Pelo grupo mossoroense, estavam o deputado Beto Rosado, Betinho Rosado e o ex-deputado Carlos Augusto Rosado, marido de Rosalba.

Confirmada a coligação com o PP, os progressistas indicarão o candidato a vice-governador. Kadu, filho de Rosalba e Carlos Augusto, é um dos nomes cotados, mas o PP parece não querer deslocá-lo da chapa de deputado estadual.


Grupo Rosado reune-se com Carlos Eduardo

Alexandre Cavalcanti,

A prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini, o ex-deputado Carlos Augusto Rosado, seu marido, e o presidente Estadual do PP, Betinho Rosado, acertam os ponteiros, neste exato momento, com o ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, candidato do PDT ao governo do Estado.

Os dois grupos discutem, além da indicação do candidato a vice-governador e, principalmente, a nominata das chapas de deputado estadual e federal. Os meios políticos trabalham com a possibilidade de Rosalba indicar Kadu Ciarlini, seu filho, para companheiro de chapa Carlos Eduardo.

É possível, entretanto, que apareça outro nome do grupo Ciarlini/Rosado, para candidato a vice, uma vez que Kadu que vem trabalhando uma possível candidatura a deputado estadual.


PP fecha com Carlos e o PR com Robinson

Alexandre Cavalcanti,

Falta só oficializar, mas está definido que o Partido Progressista(PP), do ex-deputado Betinho Rosado, vai mesmo apoiar a candidatura do ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), ao governo do Estado. 

O PR, do ex-deputado João Maia, também, já se definiu: vai engrossar a coligação liderada pelo PSD, do governador Robinson Faria. Mas, tem um detalhe: o deputado George Soares, do vale do Assu, deve apoiar Carlos Eduardo, legalmente, liberado pela executiva do Partido da República.

Dentro de toda essa articulação está o PMN, do ex-deputado federal Cipriano Correia. Cipriano pretende voltar à Câmara Federal e tem conversado muito com o colega Betinho Rosado. É possível que os dois ex-parlamentares façam o anúncio em conjunto.


Coligação não segura deputado

Alexandre Cavalcanti,

Deu a louca nas coligações. O PSDB não abre da coligação com o PSD, do governador Robinson Faria, mas cinco dos oito deputados estaduais, - Tomba Faria, Raimundo Fernandes, Gustavo Fernandes, Márcia Maia e Larissa Rosado -, vão apoiar abertamente a candidatura de Carlos Eduardo Alves(PDT). Ficam com Robinson, Ezequiel Ferreira de Souza, Gustavo Carvalho e José Dias.

A situação é nova para o grande público, mas foi tudo acordado na reunião da Executiva do PSDB, quando do anúncio da posição oficial do tucanato. E tem mais: nenhum deputado será punido por infidelidade partidária: tudo consta em Ata. Os deputados estão livres, leves e soltos.


PP e PR tomam caminhos diferentes

Alexandre Cavalcanti,

O Partido da República e o Partido Progressista tomam rumo diferentes na sucessão estadual. O ex-deputado Carlos Augusto Rosado, marido da prefeita Rosalba Ciarlini (PP), de Mossoró, já avisou ao ex-deputado João Maia, que PP e PR não cabem em um mesmo palanque. "Fica muito apertado", segundo setores ligados ao grupo mossoroense".

Além de congestionar a chapa de deputados estaduais e federais, PP e PR não sentam à mesma mesa quando entra em discussão a política municipal. O recado de Carlos Augusto foi curto e grosso: "um prá cá e o outro prá lá".

Nos bastidores da política mossoroense, ainda, há comentários sobre as críticas dos ex-prefeito Jaime Calado, de São Gonçalo, a administração da então governadora Rosalba Ciarlini. E como Zenaide Maia, candidata ao Senado, é mulher de Jaime e irmã de João, Carlos Augusto pretende manter distância.


Wanderley Mariz questiona pesquisas

Alexandre Cavalcanti,

O ex-deputado Wanderley Mariz, filho do senador Dinarte de Medeiros Mariz, ex-governador do Rio Grande do Norte, questionou a veracidade das pesquisas de intenção de voto e acusou institutos de beneficiar candidaturas.

Candidato ao senado, apoiando declaradamente o candidato Jair Bolsonaro para presidente da República, líder em todas as pesquisas sem Lula, Wanderley disse que o seu nome não  está aparecendo na relação estimulada do voto.


PP e PMN firmam parceria

Alexandre Cavalcanti,

PP e PMN fecham entendimento e vão decidir juntos a posição de ambos com vistas ao pleito de outubro próximo. Os ex-deputado federais Betinho Rosado, presidente do PP, e Cipriano Correia, presidente do PMN, almoçaram, em Mossoró, no final de semana, e afinaram o discurso. Segundo Betinho não houve, ainda, nenhum compromisso firmado.

-Podemos até seguirmos caminhos diferentes, mas vamos decidir juntos. O mais provável é que estejamos em um mesmo palanque", disse Betinho Rosado, pai do deputado federal Beto Rosado e cunhado da prefeita Rosalba Ciarlini.

Cipriano Correia viajou a Mossoró e depois fez várias visitas ao Seridó e Região Central. Cipriano, candidato a deputado federal, disse concordar com as declarações do colega Betinho Rosado: " A sucessão está em aberto. Acredito que até o final de semana chegaremos  a uma definição".


Partidos começam fechar suas chapas

Alexandre Cavalcanti,

Fim da Copa, reta final das articulações políticas para composição das chapas majoritárias e proporcionais dos mais diversos sistemas que vão disputar as eleições de outubro próximo. A semana promete: a chapa encabeçada pela senadora Fátima Bezerra (PT) não enfrenta nenhuma dificuldade e deve mesmo ser composta pelo Partido dos Trabalhadores, PCdoB e PHS. Outros sistemas alternativos, mas não menos importantes, também, não devem ter problemas.

Os blocos políticos de Carlos Eduardo Alves (PDT) e do governador Robinson Faria (PSD) marcam sob pressão, - para usar a linguagem do futebol. PR, PP, PSB e o PMN, ainda, são dúvidas. Até mesmo o PRB, de Abraão Lincoln, não sabe se continua com Robinson ou se transfere para Carlos Eduardo.

O prazo para definições vai até cinco (5) de agosto, último dia para realização das convenções partidárias. Mas, a maioria das agremiações deve anunciar suas posições até o final deste mês de julho.



Robinson pede explicações a Paulinho

Alexandre Cavalcanti,
Ivanízio Ramos
O prefeito de São Gonçalo do Amarante, Paulo Emídio, ao lado do governador Robinson Faria durante inauguração do Anel Viário Metropolitano.

O governador Robinson Faria (PSD) não queria acreditar, mas as últimas pesquisas mostraram que o prefeito Paulo Emídio (PR), o Paulinho da Habitação, de São Gonçalo do Amarante, não tem nenhum poder de transferência, ou cruzou as mãos no voto para governador. Robinson só conseguiu 3% de intenção de voto.

O governador fez e inaugurou os acessos Norte e Sul do Aeroporto Aluízio Alves, está concluindo a reconstrução da RN 160, - trecho do Gancho à Macaíba -, atendeu  a todos os pleitos do prefeito, incluindo um convênio, no valor de 22 milhões de reais, para a estrada São Gonçalo/Poço de Pedras, implantou o Sopão e uma escola de 2o.Grau, no bairro Jardins, além do restaurante popular.

Assessores do governador Robinson Faria disseram que o chefe do executivo, já na próxima semana, vai pedir satisfações ao seu grupo político, especialmente, quanto a sua posição eleitoral em São Gonçalo. Robinson soube que Paulinho só tem trabalhado a eleição de sua mulher para deputado estadual: "Primeiro, Terezinha; segundo; Terezinha; terceiro, Terezinha".

A insatisfação do governador Robinson Faria aumentou, ainda mais, quando recebeu a informação de que a deputada Zenaide Maia estaria bem colocada para senadora. "Então, quem tem voto em São Gonçalo é Jaime Calado", teria desabafado Robinson Faria.

1-20 de 927