Sucessão estadual

Alexandre Cavalcanti,

cladio-mmO desembargador Cláudio Santos, ainda sem filiação partidária, é uma alternativa viável  para encabeçar uma chapa como candidato a governador, caso o prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves(PDT), decida permanecer no cargo até o final do mandato, ou  prefira trocar o Executivo pelo Legislativo.

A possibilidade do prefeito Carlos Eduardo não ser candidato a governador começou a ser especulada a partir de notícias veiculadas sobre uma aproximação política com o governador Robinson Faria(PSD).


O momento exige mudanças

Alexandre Cavalcanti,
Mario Roberto Duran
De um tempo para cá, principalmente a partir dos “anões do orçamento”, o Congresso Nacional, no dia a dia, perdeu o foco e o respeito da sociedade.

Parece mentira, mas é verdade: o nosso Congresso velho de guerra era quem dava as cartas em todos os setores da vida dos brasileiros.

O debate legislativo esclarecia possíveis dúvidas e aperfeiçoava leis que beneficiavam o cidadão.

De um tempo para cá, principalmente a partir dos “anões do orçamento”, o Congresso Nacional, no dia a dia, perdeu o foco e o respeito da sociedade.

As duas Casas, - Câmara e Senado -, transformaram-se em um verdadeiro abrigo de picaretas, com privilégio de foro. Claro, com raríssimas exceções.

Uma reforma política, bem ampla e não apenas um arremedo, pode trazer de volta aquele velho Congresso e, quem sabe, até o respeito do povo brasileiro.


Tomba cobra do PT

Alexandre Cavalcanti,

O deputado Tomba Farias, do PSB, cobrou, hoje, na Assembléia Legislativa, do deputado Fernando Mineiro e da senadora Fátima Bezerra, ambos do Partido dos Trabalhadores, uma posição mais clara quanto a decisão do prefeito Odon Júnior(PT), de Currais Novos, que não paga o piso nacional aos professores do Município.

O PT, segundo o deputado Tomba, esperneia, mobiliza seus militantes, faz greves, paralisa atividades essenciais, mas na hora de cumprir a legislação, foge da raia. "O prefeito de Currais Novos é o único do PT, em todo o Estado. E é o único, também, que não paga o piso salarial nacional aos seus professores".


José Fernandes Melo: 100 anos

Alexandre Cavalcanti,

Sessão solene, na Assembléia Legislativa, marcou, agora há pouco, o centenário de nascimento do ex-deputado e ex-prefeito de Pau dos Ferros, em três oportunidades, dr. José Fernandes Melo.

Presentes à solenidade vários ex-deputados e parlamentares da atual legislatura, além de familiares e amigos.


Vivaldo: instinto de sobrevivência

Alexandre Cavalcanti,
AL
Vivaldo Costa (PRÓS) já foi perfeito de Caicó, deputado estadual, vice-governador e governador do Rio Grande do Norte.

O deputado estadual Vivaldo Costa (PRÓS) examina o quadro eleitoral para 2018, com a experiência de quem já foi perfeito de Caicó, deputado estadual, vice-governador e governador do Rio Grande do Norte.

O papa jerimum não deve continuar no PRÓS  e trabalha com duas alternativas: a primeira delas seria ingressar no Partido Progressista (PP), do ex-deputado Carlos Augusto Rosado, que conta, também, com a prefeita Rosalba Ciarlini, de Mossoró, e com o deputado federal Beto Rosado.

Outra possibilidade seria a filiação ao PSD do governador Robinson Faria e do seu filho, deputado federal Fábio Faria.

Respaldado pela forte liderança que exerce na região do Seridó, Vivaldo Costa, possuidor de apurado instinto de sobrevivência, deve optar pelo grupo que lhe oferecer mais segurança na sua reeleição.


Desenho eleitoral

Alexandre Cavalcanti,

aoisjdaoi-mO governador Robson Faria(PSD) pretende montar um novo quadro eleitoral com vistas ao pleito do próximo ano.

Para isso, já iniciou um processo de aproximação com o perfeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, do PDT.

A idéia inicial seria remover o obstáculo representado pelo nome de Carlos Eduardo, como candidato a governador.

Neste caso, o prefeito de Natal seria candidato ao Senado, com o cuidado de não prejudicar a reeleição do primo, Garibaldi Alves Filho (PMDB).

Segundo os articulistas políticos do governo, o sacrifício ficaria por conta do senador José Agripino, presidente Nacional dos Democratas.

Ainda, segundo o projeto, os dois senadores eleitos seriam Carlos, de um lado, e Garibaldi, do outro. Sobraria JA. Robson, neste caso, viabilizaria sua reeleição. 

Falta apenas um simples detalhe: já combinaram com os russos?




O argumento de Temer

Alexandre Cavalcanti,
Beto Barata/PR
Presidente Temer tem repetido em todas as oportunidades que o seu projeto é fazer o Brasil voltar a crescer.

Faz sentido o argumento do presidente Michel Temer (PMDB): "como não é candidato, em 2018, tá pouco ligando para o marketing".

O presidente tem repetido em todas as oportunidades que o seu projeto é fazer o Brasil voltar a crescer e que não tem outras aspirações de ordem política.

Já o ex-presidente Lula(PT) está em plena campanha eleitoral e pensa justamente o contrário de Temer. Lula precisa de holofotes e marketing. E, ainda, por cima, tem que fugir do Sérgio Moro.


A estrutura eleitoral de Flávio

Alexandre Cavalcanti,

Por dever de justiça, é bom lembrar que os deputados Nélter Queiroz, Vivaldo Costa e Raimundo Fernandes, além do ex-deputado Ronaldo Soares, são eleitores históricos do ex-deputado Flávio Rocha.

Em 1986, primeira eleição de Flávio, o seu assessor político Esdras Alves de Queiroz, ao lado de Aristides Siqueira, montou uma invejável estrutura político-eleitoral.

Os votos que elegeram Flávio Rocha, em 1986 e 1990, estavam distribuídos nas regiões do Vale do Açú, com Ronaldo Soares; No Seridó, com Nélter e Vivaldo; e na Tromba do Elefante, com Raimundo Fernandes.


Cresce a pressão sobre Flávio Rocha

Alexandre Cavalcanti,

Bastou a Época Negócios repercutir matéria da revista norte-americana Forbes, colocando o empresário Nevaldo Rocha como um dos bilionários brasileiros, para crescer a pressão sobre o seu filho, o ex-deputado Flávio Rocha.

Políticos do tope dos deputados Nélter Queiroz e Vivaldo Costa, do PMDB e PRÓS, respectivamente, sonham com o retorno de Flávio às disputas eleitorais.

Outro que não esconde o mesmo desejo, é o ex-deputado Ronaldo Soares, pai do prefeito de Açú, Gustavo, e do deputado estadual, George Soares.


Lula X Moro

Alexandre Cavalcanti,

O ex-presidente Lula foi a Paraíba, e fez cara de atrevido. 

O petista disparou contra o juiz Sérgio Moro: 

"Se querem me pegar venham para as ruas. O povo precisa participar desse momento". 

O destempero de Lula, segundo observadores que acompanham de perto as ações do juiz, sugere o temor do ex-presidente, - citado em diversas etapas da operação Lava Jato -, com uma possível canetada de Sérgio Moro.


Garibaldi e Waltinho

Alexandre Cavalcanti,

O senador Garibaldi Filho(PMDB) mostrou na prática,neste dia de São José, o que vem dizendo a lideranças políticas de todo o Estado. A renovação de seu mandato de senador não é prioridade.

Em primeiríssimo lugar está a renovação do mandato de deputado federal de seu filho, Walter Alves(PMDB).

Na paróquia de São José, em Angicos, ontem, Garibaldi fez preces ao lado do filho, Waltinho. Primeiro, prá chuva cair. Depois, claro, ninguém é de ferro, pediu bênçãos em forma de votos para os dois.



Todos querem Ezequiel

Alexandre Cavalcanti,

O deputado Ezequiel Ferreira(PSDB), presidente da Assembléia Legislativa, é peça fundamental na montagem do tabuleiro político com vistas ao pleito de 2018.

Pode ser candidato a tudo, menos a deputado federal. Seu compromisso é com a reeleição do deputado Rogério Marinho, presidente de Honra do Partido.

Caso prefira renovar seu mandato de deputado estadual, Ezequiel tem musculatura política de sobra para indicar o suplente  do senador Garibaldi Filho(PMDB) e até o companheiro de chapa do candidato a governador.


George pode deixar o PR

Alexandre Cavalcanti,

O deputado estadual George Soares(PR) não descarta a possibilidade de mudar de partido, visando as eleições do ano que vem.

Irmão do prefeito de Açu, Gustavo Soares(PR), George tem condições de transferir ao seu candidato a deputado federa pelo menos 10 mil votos em seu município.

O surgimento de uma nova candidatura a deputado estadual, plantada pela cúpula do PR, seria a principal razão de sua insatisfação.

Notícias do Vale do Açu dão conta de que a cúpula do PR está em pé de guerra e que o PMDB é uma das opções do filho de Ronaldo Soares.


Tomba com Henrique

Alexandre Cavalcanti,

O deputado estadual Tomba Farias(PSB) está fechado com a candidatura de Henrique Alves(PMDB) para deputado federal, em Santa Cruz, sua principal base eleitoral.

O parlamentar do Trairi justifica sua escolha pelo apoio que foi dado por Henrique, em Brasília, a administração de sua esposa, dra. Fernanda(PMDB), prefeita de Santa Cruz.

Tomba já comunicou sua decisão ao deputado Ricardo Motta(PSB), pai do deputado federal Rafael Motta(PSB), candidato que teve o apoio do seu grupo político, na última eleição.


O sucessor de Álvaro

Alexandre Cavalcanti,

O vice-prefeito de Natal, Álvaro Dias, está focado em um novo projeto político: fazer o filho, Adjuto Neto (PMDB), seu sucessor na Assembleia Legislativa.

Adjuto que é delegado da Polícia Civil da Paraíba está animado com o novo projeto e conta com a simpatia do prefeito Carlos Eduardo (PDT).

Pai e filho foram vistos almoçando no restaurante Nemésio, em Natal, na companhia do assessor político, Jorge de Agnelo.


Candidato novo

Alexandre Cavalcanti,
Fala RN
Vereador Raimundo Mendes, presidente da Câmara Municipal de São Gonçalo do Amarante, deve disputar cadeira na Assembleia Legislativa.

O vereador Raimundo Mendes, de São Gonçalo do Amarante, presidente da Câmara Municipal e presidente Estadual do Partido da Mulher Brasileira(PMB), é candidato a deputado estadual nas eleições do próximo ano.

Mendes considera que o PMB cumpriu todos os objetivos no pleito passado, elegendo vereadores e vice-prefeitos em diversos municípios do Estado, incluindo Natal, Mossoró, Parnamirim, São Gonçalo e Macaíba. 

Agora, segundo Raimundo Mendes, o Partido irá medir forças em nível estadual e tentará conquistar o seu espaço, também, na Assembléia Legislativa.


Reforma do ensino

Alexandre Cavalcanti,

Antes de qualquer outra reforma, o governo deveria pensar na reforma do ensino, erradicando o analfabetismo nas escolas públicas.

No interior, principalmente, os alunos não conseguem aprender nada. E a culpa não é deles, - alguns querem mesmo aprender. Mas, de seus mestres.


Aniversário da Lava Jato

Alexandre Cavalcanti,

marcelo-mA Operação Lava Jato comemora hoje, terça-feira(17), mais um aniversário. É o terceiro.

O conjunto da obra é positivo. Além de revelar o maior esquema de corrupção do mundo, a operação mandou para cadeia algumas das pessoas mais importantes do País. O mundo político e empresarial sentiu baixas bem expressivas.

Eike Batista , o homem mais rico do Brasil e o sétimo mais rico do mundo, está no presídio. Marcelo Odebrecht, o príncipe das empreiteiras, o homem que financiou a campanha de Dilma/Temmer, com mais de 200 milhões de reais, também.

Sérgio Cabral, ex-governador do Rio Janeiro, e Eduardo Cunha, o todo poderoso ex-presidente da Câmara Federal, estão presos.

Dizer que no Brasil só se prende ladrão de galinha, já era.


Bastidores da disputa eleitoral

Alexandre Cavalcanti,

O eterno presidenciável Ciro Gomes, do PDT, já alfinetou o possível concorrente João Dória, do PSDB, atual prefeito de São Paulo.

Ao pedir passagem para um novo projeto político, o ex-governador do Ceará disse preferir “mil Bolsonaro ao prefeito João Dória”.

Apesar de considerar encerrado o ciclo petista, Ciro Gomes admite abrir mão do seu projeto para uma possível candidatura de Lula.


Carne fraca

Alexandre Cavalcanti,

As donas de casa foram surpreendidas, hoje, sexta-feira, 17 de março, com a operação da Polícia Federal nos frigoríficos  JBS e BRF, duas das maiores companhias da indústria de carnes.

A operação tenta desarticular uma organização criminosa supostamente liderada por fiscais agropecuários e empresários do agronegócio para liberação de mercadorias sem fiscalização.

Daí, a suspeita de venda de carnes podres e com validade vencida.

1301-1320 de 1329