Classificação da bancada potiguar no Congresso é vergonhosa

Alexandre Cavalcanti,
Agência Câmara
Nenhum congressista do Rio Grande do Norte aparece entre os 100 primeiros no Ranking dos Políticos.

O Ranking dos Políticos, publicação que existe para informar quem é quem no Congresso Nacional, confirma a minha tese de que a bancada federal do Rio Grande do Norte, eleita em 2018, é a pior de todos os tempos.

A deputada Natália Bonavides, do PT, e a senadora Zenaide Maia Calado, do Prós,  com 68 pontos negativos e 36 pontos negativos, respectivamente, ocupam as derradeiras posições no ranking. 

Natália está no 542° lugar e a senadora Zenaide, no 487°. É bom lembrar que juntando Câmara e Senado, temos 594 cadeiras: 513 deputados federais e 81 senadores.

É lamentável, mas nenhum congressista do Rio Grande do Norte aparece entre os 100 primeiros. O deputado federal Benes Leocádio (PRB) é o melhor situado, em 120° lugar, seguido pelo senador Styvenson Valentim(Podemos), em 125°.

O deputado Walter Alves(MDB) aparece no 138° lugar, seguido por Fábio Faria(PSD) e João Maia (PR), em 185° e 242°, respectivamente.

Os os deputados general Girão(PSL),  Beto Rosado(PP), o senador Jean Paul Prates (PT) e o deputado Rafael Motta (PSB) estão bem mais distantes dos primeiros: Girão, em 348°; Beto, 369; Jean Paul, 404° e Rafael, 476°.

Tags: Bancada Classificação Deputados
A+ A-