Nada de acordão

Alexandre Cavalcanti,

Qualquer entendimento político hoje, por maior que seja, pode naufragar nas urnas. "O povo não aceita mais acordão", disse uma raposa política ao comentar a possibilidade de uma união de forças, em favor da reeleição do governador Robinson Faria(PSD).

A mesma raposa lembrou o episódio recente da derrota do então deputado Henrique Eduardo Alves(PMDB), que montou uma senhora estrutura partidária em torno do seu nome e, ainda, escolheu o adversário, mas acabou sendo derrotado para governador.

Lembrou, também, o acordão para eleger Fátima Bezerra(PT) prefeita de Natal. Uniram o então presidente Lula, a então governadora Wilma Faria, o senador Garibaldi, o prefeito Carlos Eduardo, e mesmo assim perderam para Micarla, logo no primeiro turno.

Agora, disparou, a velha raposa: "ninguém faz nada sem combinar com o povo".


Tags: Entendimento Henrique Robinson
A+ A-