Prefeito e secretário vão aprender saúde pública em São José

Alexandre Cavalcanti,

A saúde do município de São Gonçalo do Amarante, na região Metropolitana, vive dias de verdadeiro caos. O hospital maternidade Belarmina Monte, uma entidade filantrópica, atende a uma população de mais de 100 mil habitantes. Marcação de consultas e exames não atende a demanda.

Ontem, a população foi surpreendida com uma notícia que viralizou nas redes sociais. O prefeito Paulo Emídio(PR), o Paulinho da Habitação, e o secretário de Saúde, Jalmair Simões, foram a São José de Mipibu, um município de 15 mil eleitores - 50 mil menos que São Gonçalo -, aprender como tratar a Saúde Pública.

O município de São José do Mipibu tem saúde plena, a exemplo de São Gonçalo. Mas lá, as coisas funcionam: a partir de um hospital público, o maior pleito do povo de São Gonçalo do Amarante. Também, diferentemente de São Gonçalo, a deputada Cristiane Dantas, mulher do ex-vice-governador Fábio Dantas,  tem voltado suas ações para o seu município e principal base eleitoral.

Em São Gonçalo, segundo o vereador Tarcísio Fernandes(PSD), as coisa são bem diferentes: os deputados - João Maia e Zenaide Maia - não mostram nenhuma preocupação com o município e a prefeitura,  ainda, é responsável pelo PR - Partido da República -, do Estado todo. "Basta verificar as acomodações políticas", disparou o vereador.

Tags: Caos Hospital Saúde
A+ A-