PSL conta história diferente sobre novo hospital

Alexandre Cavalcanti,

O PSL do Rio Grande do Norte já comunicou ao ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, que a estrutura política de São Gonçalo do Amarante é comandada pelo PT. Segundo setores do partido do presidente Bolsonaro, no Estado, Jaime Calado, secretário Estadual de Desenvolvimento, a senadora Zenaide Maia Calado, hoje no PRÓS, e o prefeito de São Gonçalo, Paulo Emídio (PR), votaram em Fátima Bezerra, para governadora, e em Fernando Haddad, para presidente, ambos do PT.

Lideranças locais do PSL procuraram, também, o deputado federal do PSL-RN, General Girão, para que essa situação seja esclarecida, em Brasília: divididos em vários partidos, o sistema liderado por Jaime Calado, em São Gonçalo, segue a orientação da governadora Fátima Bezerra. Lembram, também, que toda a família Calado é historicamente petista - Fernando Lucena, irmão de Jaime, é vereador pelo PT de Natal. O Dr. Rui Pereira, já falecido, foi candidato a governador pelo PT.

O PSL quer que o general Girão mostre toda a verdade ao Rio Grande do Norte, a começar pela possível construção de um hospital em São Gonçalo: trata-se de um hospital universitário para formação de novos médicos e não um instrumento político para mostrar força desse ou daquele grupo. 


Tags: Hospital PT São Gonçalo
A+ A-